PUBLICIDADE

Página Principal : Sociologia


O PNDH-3 ? Criação de uma Ditadura Marxista no Brasil



O PNDH 3 já nasceu de maneira escusa: foi elaborado e assinado no finalzinho do ano 2009, enquanto a maioria das pessoas descansavam e esperavam a chegada do ano novo. O decreto 7037, que o institui, foi assinado em 21 de dezembro de 2009.

O Programa Nacional de Direitos Humanos é um excelente exemplo de dialética hegeliana e novilíngua: nessa lei, direitos humanos significam qualquer coisa que o governo quer que signifiquem e servem de justificativa para rever qualquer lei, censurar a mídia, confiscar propriedade privada e abolir a liberdade de expressão.

Abaixo as principais ações do projeto:

"A revisão de todos os "crimes" cometidos pelos militares, porém uma total anistia para todos os ataques terroristas, assassinatos e assaltos perpetrados pela esquerda.

Exclusão dos nomes dos militares envolvidos no governo de todos os locais públicos.

Forte apoio ao MST, que invade fazendas, mata animais, mata pessoas, destrói tratores e plantações e ainda recebe dinheiro do governo.

Criação de "sovietes", ou comitês maoístas, para julgar todas as invasões de propriedades com relação aos "direitos humanos", antes que o Judiciário possa fazer alguma coisa.

O ato da invasão automaticamente muda o status de propriedade da terra.

Revisão dos livros das escolas primárias de acordo com os "direitos humanos", a partir da perspectiva do governo.

Financiamento de estudos, materiais didáticos, pesquisas e instituições que endeusem a esquerda durante o período da ditadura militar.

Instituição da matéria Educação Moral e Cívica em Direitos Humanos em todas as escolas.

Revisão do currículo das academias militares de acordo com a perspectiva dos Direitos Humanos (para destruir as Forças Armadas).

Proteção às prostitutas e aos "quilombolas" (uma pessoa que simplesmente declare ser descendente de escravos poderá ter a posse da terra onde o antepassado escravo supostamente viveu).

Imposição do casamento entre pessoas do mesmo sexo, leis para o aborto e adoção de crianças por casais homossexuais.

Proibição da exibição de símbolos religiosos (como os crucifixos) nos edifícios públicos.

Criação de um comitê para julgar as concessões públicas das empresas de comunicação de acordo com o padrão dos "direitos humanos".

Censura dos programas que desrespeitem os "direitos humanos".

Criação de uma classificação das publicações e programas na mídia pela forma como seguem os direitos humanos.

Incentivo para toda a produção de mídia que glorifique a resistência da esquerda durante o período da ditadura militar".



Nesse pacote tem lavagem cerebral, censura e engenharia social em abundância e é um passo concreto e largo para a implantação no Brasil da revolução marxista que Lula até agora tentou esconder do povo brasileiro.


Os pontos do programa ainda não foram transformados em lei pelo congresso, mas com a atual composição de representantes do povo, ninguém pode se dar ao luxo de sonhar que o PNDH3 não será totalmente referendado.


Veja mais em: Sociologia

Artigos Relacionados


- Sexo E Poder Na Igreja
- Direitos Humanos
- Direitos Humanos
- Controle De Convencionalidade
- Direitos De Terceira Geração
- Cap. Ii - As Teorias De Justificação Dos Direitos Humanos
- Os Direitos Humanos E A Modernidade Ocidental

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online