PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


DIALOGIA E ZPD: SABERES PARA MUNIR O PROFESSOR



No desenvolvimento da criança, Vygotsky observa que as funções aparecem primeiro no nível social e, depois, no nível individual. Isto é primeiro, entre pessoas e, depois, no interior da criança. Todas as funções superiores originam-se das relações reais entre indivíduos. Essa visão do processo de ensino-aprendizagem fundamenta-se no interacionismo sócio-histórico proposto pelo autor. Dentre os principais pontos dessa teoria, destacamos os seguintes: -o aprendizado é necessariamente mediado por linguagem; portanto, sempre ocorre em situações de interação: -o aprendizado de cada um começa muito antes de sua experiência escolar; sempre levaremos em consideração uma história prévia individual; -o aprendizado escolar que pretende produzir algo novo no desenvolvimento do aprendiz deve considerar a ZPD (zona proximal de desenvolvimento), que seria ?a distância entre o nível de desenvolvimento real, determinado pela solução independente de problemas, e o nível de desenvolvimento potencial, cuja solução de problemas se dá com orientação de um adulto? Partindo dessa ótica Vygotskyana, que leva em conta os processos sociais de aprendizagem, poderemos focar a atuação do professor em sala de aula, com o objetivo de observar em que situação ocorre realmente o aprendizado, para então muni-lo de saberes aplicáveis através de livros didáticos, documentos reguladores e elucidações fundamentais. Rojo (2001), em um trabalho com um grupo de professores de Ensino Fundamental constatou que, apesar de entenderem os conceitos teóricos a serem ensinados e avaliarem a ZPD dos alunos, os professores, no momento de planejar, recorrem a práticas cristalizadas. Conforme Rojo, a função de planejar é uma prática que o professor tem relegado ao livro didático. A autora mostra que há um descompasso entre a formação docente e as sugestões dos PCN, pois boa parte dos cursos de formação de professores de Língua Portuguesa não aborda as teorias sobre ensino e aprendizagem de que embasam tais documentos.
A proposta dos PCN é que sejam objeto de ensino os gêneros discursivos e textuais e que, através deles, sejam desenvolvidas as capacidades lingüísticas dos alunos para produção e compreensão de textos orais e escritos e de reflexão sobre a língua e a linguagem. A ideologia política e econômica predominante à época da elaboração dos PCN, não ao acaso, certamente deixa suas marcas discursivas, incluindo suas tensões e controvérsias no corpo do documento-guia dos professores contemporâneos. Porém, a tensão de que os PCN são resultado, a incorporação de tal tensão, é, em verdade, um avanço em termos de legislação educacional brasileira. Cabe agora aos educadores explorar esta tensão e dialogar com o documento, no sentido bakhtiniano. O PCN como documento polifônico, plurivocal na perspectiva bakhtiniana absorve alguns conceitos como: Dialogia
Conforme Bakhtin, o significado das produções lingüísticas não está no texto enquanto estrutura formal, mas na interação de um discurso com outros discursos. Esta visão dialógica supõe que, ao enunciar, evocamos todo conhecimento já consentido até então. Exigimos do intérprete que considere quem é o locutor, o destinatário, o contexto, as polêmicas, as posições políticas, as ideologias, os objetivos etc. Há também, derivado deste recorte, o conceito de incompletude do eu, que se faria, se formaria somente em relação ao outro. Réplica
?O indivíduo precisa agir, precisa atuar na constituição dos sentidos. A atitude passiva não o fará evoluir no universo dos sentidos e significações das práticas sociais. A compreensão ativa exige o movimento no interior das variadas práticas da sociedade. Este movimento se dá, na verdade, entre signos ideológicos construídos sócio-historicamente. O movimento do indivíduo na sociedade gera a sua consciência, ao mesmo tempo, social e subjetiva.
Tal movimento, tal evolução consegue-se através da réplica, do processo de opor à palavra do outro uma contra-palavra. A significação é um efeito de interação, para Bakhtin. São dois signos em contato. A palavra é sígnica; a contra-palavra também. São duas consciências que se cruzam, em diálogo sígnico, ideológico.?<3>
eis o conceito de réplica no aspecto da competência dialógica. O sujeito ativo exigido por tal conceito é fundamental para o paradigma de formação de um professor que se propõe a desenvolver em seus alunos uma competência lingüística que o possibilite circular e responder aos diversos gêneros das línguas humanas.
Se separarmos as diversas produções lingüísticas ? orais e escritas ? de acordo com as práticas humanas a que estão ligadas, observaremos consideráveis semelhanças entre os materiais produzidos dentro de uma mesma prática. O PCN traz esta inovação muito relevante e sustentável, já que o domínio de uma metalinguagem não proporciona o domínio dos inúmeros universos discursivos; isto é, nenhuma gramática elucida as regras de uso de uma língua, não versa sobre sua variação, o problema de sua adequação ao gênero, isto é, seus vários usos e modos.
Podemos dizer que as sugestões didáticas e de conteúdo dos PCN são regidas não só pelos princípios da competência discursiva e lingüística, mas também da variedade lingüística e do senso crítico. A ZPD e as oportunidades de propiciar aprendizado, as vozes que permeiam a aula e muitas outras considerações devem ser evocadas quando da elaboração de materiais de transposição didática. Para além disto, cabe a cada educador responsabilizar-se por suas práticas, sejam elas cristalizadas ou inovadoras.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- ?do Professor Suposto Pelo Pcn?s Ao Professor Real De Língua Portuguesa: São Os Pcn?s Praticáveis??
- A Gramática Na Aula De Português
- O Ensino Da Gramática
- Apresentação Do Livro ?livro Didático De Língua Portuguesa, Letramento E Cultura Da Escrita?
- Perguntas E Respostas
- Livro Didático De Língua Portuguesa: O Retorno Do Recalcado
- Teoria E Prática(estagio Supervisionado)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online