PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Participação da Universidade no Desenvolvimento Nacional A Universidade e a Problemática da Educação



O autor análisa o texto a partir do título ?Participação da Universidade no Desenvolvimento Nacional: e A Problematica da Educação e Cultura?, ou seja, após uma introdução que justifica a relevancia do texto, informa a conciência sobre a complexidade do tema e informa superficialmente a estrutura do texto o autor já faz uma ponte para um assunto preparatório para o primeiro tema ( desenvolvimento) a passa a abordar o conceito de realidade.
No capítulo em que aborda a realidade o autor introduz alguns conceitos como carater ?reificado?, ?naturalizado?, des-humanização e abstração que serão usados durante o decorrer do texto, e em seguida já faz gancho para o primeiro assunto que tinha se proposto a tratar no texto, o desenvolvimento.
No capítulo referente ao desenvolvimento o autor parte da definição, passa para o sentido mais amplo da palavra e através de citaçòes leva o leitor até a definição de desenvolvimento desejada. Paralelamente ele traz o assunto do abstrato para a realidade brasileira, e partir disto ele parte para o capitulo de conclusão da primeira parte entitulado ?Universidade e Desenvolvimento Nacional?.
No parágrafo conclusivo o autor volta aos conceitos defenidos no inicio e os relaciona ao desenvolvimento e finalmente à universidade tentando retratar a realidade, a situação de universidade diante do desenvolvimento e citando posturas e responsabilidades da mesma em relação ao desenvolvimento.
Inicia-se agora a segunda parte que aborda a universidade, cultura e educação, onde o autor conserva a mesma estrutura, análiasando o título e definindo cultura, educação e finalmente relacionando isso à universidade só que desta vez através de questionamento.
Chega-se então a um paragráfo final entitulado Conclusão no qual o autor explica a intenção do questionamento e fecha o texto.
O tecto traz como tema a relação da universidade no desenvolvimento e na educação nacional devido a necessidade de explicitação do papel da Universidade no Desenvolvimento Nacional e defende que há muito por fazer, através da Universidade, para auxiliar o Desenvolvimento Nacional e melhorar a educação escolar.
São utilisados arumentos filosóficos, históricos, sociológicos políticos e econômicos para conduzir o leitor às conclusões desejadas. Nota-se uma constante necessidade de concretização dos temas abordados.
As primeiras questões que ocorrem são referentes à Univerisidade: o que é a universidade ? e Como é produzida a Universidade ? e as respostas para estas são encontradas na própria existência humana que é produzida através de condições materiais e formas espirituais em ação recíproca, já que a Universidade é uma expressão do desenvolvimento da sociedade ela é produzida de atravez da realidade humana em seu conjunto.
Com relação ao desenvolvimento o autor parte de situações históricas para relaciona-lo ao capitalismo e em seguida ao capital concluindo que vigora o modo capitalista de produção da existência humana aonde o homem esta subordinado ao capital.
Ao relacionar a Universidade ao capital o autor levanta dois aspectos, a ?modernização acelerada? e o ?modelo tecnocrático de universidade? ambos produtos do capitalismo sendo que o segundo é conceqüencia do primeiro. Seria necessàrio então passar os limites do modelo tecnocrático e viabilizar a humanização da universidade e do desnvolvimento nacional, ou seja, vincular o capital ao homem (des-inversão).
Na segunda para o autor aborda universidade, cultura e educação. A parte relacionada à cultura é iniciada com uma série de perguntas pessimistas como: existe cultura no Brasil ?; que é cultura no Brasil ? que são justificada pela falta de autonomia da nossa cultura e pela fragmentação cultura. Outra questão é referente a cultura do Brasil e a cultura no Brasil. Em síntese o pricipal problema abordado é a distancia entre a cultura popular e a cultura erudita e aspectos relacionados a este. O problema da educação é baseado na distancia do ensino superior do ensino básico.São então levantadas questões que definiriam os preblemas que relacionam cultura e educação à Universidade.
Os objetivos citados logo no primeiro parágrafo fora atingidos, ultrapassando as dificuldades de sintetizar um tema tão amplo e complexo em um texto, mas o resultado foi uma leitura densa e de dificil digestão onde muitas informações se sobrepunham à uma linha de raciocionio lógico extremamente enxuto e dinamico que por vária vezes dificultava a compreensão.
Através desses caminhos por vezes tortuosos, pro vezes obscuros e confusos chegaram-se a conclusões que acredito sejam de senso comum, isto não invalida a iniciativa de coloca-las em forma de texto. Torna-se então necessário estudar estratégias para atingir os objetivos ou as necessidade levantadas neste texto.
Na minha opinião este texto como um todo é uma problematização dos temas abordados, citam-se os problemas, chega-se ao que se deve fazer mais não se explicita como.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Instalação E Desenvolvimento Das Faculdades De Educação No Brasil
- Resenha De Artigo Marilena Chauí - Universidades
- O Papel Da Cultura Na Educação Brasileira
- Universidade Federal Em Joinville - Uma Análise Crítica Do Fato
- Algumas Diferenças Entre Antropologia E Sociologia
- Leitura, Escrita E Teoria Psicogenética
- O Popular Carioca Na Obra De Carlos Diegues

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online