PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


A Educação na Renascença



A Renascença foi o período histórico que sucedeu a Idade Média. Tem este nome em alusão ao fato de que, em contraposição à Idade Média, a filosofia, a ciência e as artes tiveram um desenvolvimento muito grande, e que foi divulgado como sendo um renascimento da chamada idade de ouro da humanidade (tal como ocorrera na Grécia Antiga).
Há diversas controvérsias a respeito deste período, no sentido de que há autores que indicam que a renascença começou no século 12, 13 ou 14. Há os que defendem que a Renascença teve características distintas em cada lugar da Europa em que ocorreu. Fugindo destas controvérsias, defino a Renanscença como um período histórico referente aos séculos que vão do século 14 ao século 16, e que se estendeu por toda a Europa.
Como características principais deste período iremos observar algumas que são fundamentais para o entendimento de como a Educação veio a se apresentar nesta época. Dentre tais características, devem ser destacadas:

Retomada e divulgação dos estudos da antiguidade clássica (Grécia e Roma), especialmente as obras dos filósofos Platão e Aristóteles.
Nas artes de uma forma geral, passa-se do Teocentrismo (Deus no centro do Universo) para o Antropocentrismo (o Homem no centro do Universo).
Os reinos estão se tornando cada vez mais amplos territorialmente e cada vez mais fortes. Os exércitos destes reinos estão em franco desenvolvimento.
Nesta época começam as Grandes Navegações e o comércio se desenvolve muito na Europa.
Na política, autores como Maquiavel vem a influenciar em muito a administração dos reinos.
A classe dos chamados burgueses está cada vez mais numerosa, vindo a compor grande parte da população das cidades, e que vai se constituir via de regra em profissionais liberais (pequenos comerciantes, artesãos, banqueiros,marinheiros...).

Além destas características deve ser destacado o fato de que a Igreja Católica enfrentava algumas resistências causadas pelas outras religiões (como Judeus e Muçulmanos) que tentavam também se fazer presentes na Europa, bem como (ainda que de forma muito reduzida) dos místicos de várias sociedades secretas, que percorriam toda a Europa. No século 16 ocorre a Reofrma Protestante, na qual Martinho Lutero cria uma dissidência na Igreja Católica e cria a Igreja Luterana. Com o objetivo de aumentar o número de fiéis Lutero traduz a Bíblia (antes escrita somente em Latim) e propõe leituras individuais da bíblia, iniciando então uma alfabetização de boa parte da população européia à época, com o objetivo de espalhar a nova fé.
Tamanhas transformações trazem impacto muito grande para o mundo desta época, e pode-se dizer portanto que a Renascença foi um período muito rico do ponto de vista d cultura e da sociedade. Em termos da educação este não foi menos rico, pois devido a estas mudanças, novas necessidades educativas estão surgindo e estas condicionam o surgimento de novs tipos de escola. Dentre estas podemos destacar:

Desenvolvimento de um número grande de universidades, não mais tão dependentes da Igreja.
Escolas ligadas ao comércio e o manuseio de números.
Ateliers de artes e ofícios diversos.

Espero que o texto tenha sido de bom proveito para todos, em especial para os meus alunos de uma grande universidade privada brasileira.




Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Falando Um Pouco Sobre A Idade Média.
- Classicismo
- Humanismo
- A Europa Medieval _ Parte I
- Idade Média: Séculos X ? Xv
- Civilizações - A Idade Média
- Lutero E Maquiavel ? A Ética Do Pragmatismo Renascentista (parte 1)

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online