PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Professores criticam Ministério da Educação



Os sindicatos de professores criticaram o concurso de colocação, que arranca esta quarta-feira, e acusam o Ministério da Educação de fazer alterações & laquo;em cima da hora& raquo;.Tanto a FENPROF (Federação Nacional dos Professores) como a FNE (Federação Nacional de Sindicatos da Educação) pretendem que o prazo de candidatura seja prolongado, considerando que a alteração de última hora vai prejudicar os professores que estão de férias em Agosto.
«O que nos parece inaceitável é que, tendo anunciado anteriormente umas datas que terminavam no dia 10 de Agosto e previam que as colocações tivessem terminado no dia 31 de Agosto, agora o Ministério da Educação diga que tem de antecipar, para garantir a concretização do plano até dia 31 de Agosto», explicou João Dias da Silva, da FEN.
Conforme adianta a Renascença, o sindicalista considera haver uma «ausência de planificação adequada» e critica o facto de as alterações terem sido «feitas em cima da hora, em matérias que as pessoas envolvidas deveriam conhecer com a devida antecedência».


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- A ética E A Educação
- Benito Mussolini O Fascismo
- TeologÚmeno
- Vírus
- Santos Do Catolicismo
- Pequeno Vocabulário Espírita
- Magia, Ciência E Religião

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online