PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Discriminação docente



No inicio do século 20 era comum se encontrar professores
negros com especial destaque as professoras, pois a educação infantil era quase
que uma profissão sobre o monopólio das mulheres, mas com a andar do tempo
começaram a ser introduzidos em nossa educação, os modelos europeus, tendendo-se
desta forma a branquear a educação.

Esta tarefa foi realizada pelos estudiosos do assunto que
usaram como base o modelo europeu estavam e pode se dizer que ainda estão
ligados a valores das classes sociais mais altas, os alunos e professores
negros começaram então a sofrer a discriminação.

Este branqueamento implantado pelas políticas educacionais
acontecia por meio de barreiras, hoje com a implantação dos concursos este tipo
de barreira não existe mais, o candidato não necessita especificar sua etnia, o
numero de alunos negros que ingressa no ensino superior vem aumentando.

A escola em seu discurso se diz contra o racismo, mas da
porta para dentro a conversa é outra apesar das leis que reivindicam igualdade
racial e sustentam o racismo como crime, professores continuam sendo discriminados
por colegas e alunos pelos professores e colegas.

Para fazer valer direitos relativos à igualdade social seria
necessária uma reeducação do quadro docente, os professores negros têm medo de
realizar uma real discussão sobre o tema nas escolas e assim aumentar o
racismo, segundo pesquisas expostas no artigo.

O mal acaba por se banalizar, os alunos são humilhados pelos
colegas com apelidos pejorativos, aceitam isto de forma passiva por estar
associado à participação no grupo, como era de se esperar esta tendência piora
em relação à classe social a que o aluno faz parte, tendendo o negro a ficar
ainda mais oprimido nas classes mais altas, onde sua participação nas escolas é
ainda mais seleta.

Professor negro para se destacar em uma escola precisa
mostrar competência alem do necessário, de certa forma não colocam a questão
racial como o motivo para tanto, a origem do problema esta no modelo
eurocentrico aplicado em nossas escolas, hoje contamos com cargos chefiados por
negros no que diz respeito à educação e existem avanços relativos às leis para
a punição do preconceito, porém o movimento necessita se expandir e alcançar
toda a comunidade escolar, deixando de ser tratado apenas como um problema dos
negros para ser tratado como um problema social que vem atormentando e
prejudicando professores e alunos.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- EducaÇÃo: Uma Das Poucas Saídas Da Pobreza
- Preconceito Racial
- Quem é Negro, Quem é Branco
- Dez Pontos A Rever Na Educação
- PolÍticas PÚblicas Em EducaÇÃo
- O Preconceito Contra Os Negros No Brasil:ficÇÃo Ou Realidade
- Instituto Superior De EducaÇÃo Do Rio De Janeiro

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online