PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Desenvolvimento Infantil



A criança pequena explora o mundo ao seu redor, principalmente através do próprio corpo, com o qual passa a vivenciar situações cada vez mais complexas de exploração do espaço. Como está em amplo desenvolvimento, a criança utiliza todas as possibilidades que lhe são oferecidas. Convivo com isso todos os dias, tenho uma garotinha de 03 anos. Ela não pára: sobe onde pode, desce, engatinha, entra em pequenos espaços e é, através dessas e de muitas outras atividades espontâneas, inicia a desenvolver noções de espaço e tempo, extremamente importantes para a aquisição de interiores.
Segundo Piaget, de 2 a 4 anos acontece o período pré-operacional, no qual a criança age intensamente sobre os objetos, buscando construir conceitos, principalmente através de experiências com o meio físico e social e, conseqüentemente, construindo o conhecimento do mundo que a cerca. Experimentar situações rítmicas, brincar com bonecos articulares e desmontáveis, relaxar espontaneamente, experimentar situações de equilíbrio (tentar parar de pé sobre um banco), subir e descer escadas (com apoio e ainda sem alternância dos pés), rolar, virar cambalhota, tentar aparar e arremessar uma bola são atividades que favorecem o desenvolvimento da criança dessa faixa etária. De acordo com suas possibilidades, ela realiza atividades que irão desenvolver sua linguagem, sua percepção, suas habilidades motoras e sua atenção e memoria. É importante também que a criança ouça as palavras corretamente e tenha vivências significativas de uso da linguagem, mesmo que não as pronuncie, pois sua linguagem está se estruturando. Sua linguagem articulada (fala), num primeiro momento, é possível de compreensão ou não, com trocas e/ou omissões, estruturando-se gradualmente ao saber indicar o que é alguma coisa, nomear pessoas e animais...
A criança dessa idade gosta de ajudar (dentro de suas possibilidades), assumindo pequenas tarefas imediatas (transportar, guardar, buscar). Mas ao mesmo tempo, já domina movimentos bimanuais para manusear argila, pintar com as mãos, construir, encaixar, enfileirar, rasgar e amassar papéis, utilizar um lápis de cera (grosso), rabisca livremente. Já é capaz de evocar nomes de pessoas significativas, de objetos, de lugar onde estava um objeto e lembrar de movimentos corporais relacionados a canções ou histórias.
Para conhecer uma criança é preciso que a observe bastante, prestando atenção em todos os seus atos e sempre respondendo todas as suas perguntas, e que não são poucas. Mas principalmente nunca deixar uma criança sem resposta, tudo com muito amor e atenção.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Relações Entre Consciência Corporal E Desenvolvimento Infantil
- A Criança, O Adulto E O Lúdico
- Desenvolvimento Infantil E ImaginaÇÃo
- Educação Física - Rcn
- Caixa De Feldman
- Nobert Elias
- O Que é Educação Infantil?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online