PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


AVALIANDO A QUALIDADE DE VIDA DE PESSOAS IDOSAS UTILIZANDO PARÂMETROS SUBJETIVOS



Este trabalho analisou a qualidade de vida de pessoas idosas, pela perspectiva subjetiva, utilizando o instrumento elaborado pela Organização Mundial de Saúde, o WHOQOL-bref, que utiliza parâmetros subjetivos para avaliação da qualidade de vida, abrangendo o domínio físico, psicológico, meio-ambiente e relações sociais. A pesquisa foi feita com pessoas acima de 60 anos, homens e mulheres, divididos em dois grupos, ativos e inativos fisicamente. A qualidade de vida tem parâmetros objetivos e subjetivos e para nossa pesquisa priorizamos os subjetivos, apontando que a forma como idoso percebe e avalia sua vida, influencia na qualidade desta, pois um indivíduo que avalia sua vida como satisfatória, independente dos fatores objetivos, terá mais sentimentos de bem-estar e felicidade. O principal questionamento foi, se a atividade física influenciaria a avaliação subjetiva da qualidade de vida das pessoas idosas. Em nossa análise dos resultados, demonstramos que de fato, as pessoas ativas ao longo da vida e atualmente, avaliaram-se possuindo maior qualidade de vida do que as pessoas inativas atualmente. Houve diferença significativa, após aplicação do teste de Wilcoxon, em 11 questões, dos domínios físico, psicológico e meio-ambiente.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- O Direito à Vida E Ao Meio Ambiente Como Direitos Fundamentais
- Ginastica Laboral
- Cultura E Poder Nas OrganizaÇÕes
- AvaliaÇÃo
- Direito E Responsabilidade Ambiental Segundo A Cf/88
- Avaliação De Desempenho
- A Avaliação Educacional

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online