PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


A Gramática na Aula de Português





Professor de Didática e Prática no Ensino de Português ?Câmpus Avançado da UFG, em Jataí.
Mestre em Educação pela FAE/Universidade Federal de Minas Gerais
"Se o objetivo das aulas de língua portuguesa é oportunizar o domínio do dialeto padrão, devemos acrescentar outra questão: a dicotomia entre ensino da língua/ensino da metalinguagem. A opção de um ensino da língua considerando as relações humanas que ela perpassa (concebendo a linguagem como lugar de um processo de interação), a partir da perspectiva de que na escola se poder oportunizar o domínio de mais de outra forma de expressão, exige que reconsideremos ?o que? vamos ensinar, já que tal opção representa parte da resposta do ?para que? ensinamos" (Geraldi, 1997:45).

Este trabalho procura apresentar reflexões a partir de práticas de ensino de professores de Português que atuam no Ensino Fundamental, em escolas públicas, localizadas na cidade de Jataí, no Sudoeste do Estado de Goiás. Ele tem como subsídio a dissertação de mestrado: A gramática na aula de Português defendida em agosto de 2000 e discute: quando os professores trabalham "conteúdos gramaticais" ? hoje, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais ? Língua Portuguesa, "práticas de análise lingüística" -, "o que" e "como" trabalham? De que gramática estão falando?
O trabalho procura descrever práticas de sete professores de Português que possuíam na época da realização da pesquisa, cursos de Pós-graduação, em nível de especialização e que afirmassem estar trabalhando dentro da proposta apresentada no Programa Curricular Mínimo do Estado de Goiás ? Português 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental.
De maneira sintética, o Programa propõe que o ensino de Português se organize em torno do uso da língua: do ensino da leitura, da produção de textos e da "gramática", compreendida esta como uma prática de reflexão sobre a língua e seus usos, necessária para a instrumentalização dos alunos na leitura e na produção de textos. Para isso, o Programa apresenta, também, de forma enfática, a necessidade de os professores mudarem as concepções de língua, linguagem e gramática, subjacentes ao ensino da disciplina Língua Portuguesa, e acrescenta:
"Quanto a forma de trabalhar a gramática na escola, parece oportuno enfatizar a necessidade de uma mudança radical. O estudo gramatical deveria ser transformado de um trabalho mecânico, teórico e estéril em um processo de reflexão que levasse à melhor compreensão de fatos lingüísticos encontrados no texto. Para que essa compreensão seja obtida é necessário, certamente, que o estudo gramatical seja feito através de uma metodologia nascida da própria natureza da língua" (SEECD-PCM ? Português 1ª a 8ª séries, 1992:55).
Inicialmente, apresento a origem e construção do objeto que deu origem à pesquisa, à hipótese, à metodologia utilizada e às conclusões.
Origem e construção do objeto da


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- A Língua De Eulália
- Preconceito Lingüístico
- A Importância Do Enfoque Histórico Cultural Na Elaboração De Aulas De Ciências
- Perguntas E Respostas
- A Língua Portuguesa No Mundo
- Inglês
- O Ensino Da Gramática

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online