PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


?Os Conflitos Interpessoais na Relação Educativa: Problemas a serem Resolvidos ou Oportunidades de A



Ao ler o documento de Telma Pileggi Vinha ?Os Conflitos Interpessoais na Relação Educativa: Problemas a serem Resolvidos ou Oportunidades de Aprendizagem??, podemos constatar que uma das dificuldades encontradas pelos professores é a de reagir aos conflitos interpessoais, entre os alunos e o professor e ainda entre a restante comunidade escolar que acontecem diariamente.
Os professores muitas vezes tentam evitá-los, pois são vistos como negativos e maléficos, mas estes estarão sempre presentes nas escolas.
A teoria piagetiana entende estes conflitos como oportunidades para trabalhar valores e regras, e como momentos em que nos são fornecidas pistas do que a crianças precisam de aprender, através da interacção social. Assim são vistos como positivos e necessários.
Piaget considera o conflito necessário ao desenvolvimento, tanto o interior como os conflitos entre os indivíduos.
Quando conflito acontece existe sempre a tendência para punir ou recompensar a criança, o que não devia acontecer, pois aí o adulto usa a sua autoridade e manipula, não mostrando à criança o que realmente está mal e não tenta perceber o porquê dela ter agido assim. Portanto a criança cumpre o que lhe é dito por medo de ser punido, de ser descoberto, ou ao desejo de receber algo em troca de bom comportamento. Quando esta perceber que só não pode agir assim porque o adulto obriga, não sentirá necessidade de as cumprir.
Se queremos que a criança compreenda a real necessidade das normas na relação entre as pessoas, a ser justa, honesta, respeitadora é preciso que no próprio conflito a façam reflectir.
A melhor sanção é permitir que a criança sinta e reflicta sobre as consequências naturais das suas acções.
O adulto no conflito deve agir como um mediador, não deve tomar partidos, as próprias crianças é que devem resolvê-lo, ele deve incentiva-las a exprimir os seus sentimentos através das palavras e não através de acções. Isto porque as crianças possuem capacidades limitadas para conter os seus impulsos.
Não deve duvidar a capacidade das crianças para resolver os seus problemas, a sua intervenção pode agravar as hostilidades. Deve conversar com as crianças de forma objectiva e breve e mostrar-se calmo, pois esse comportamento demostra firmeza.Escreva o seu resumo aqui.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Educação E A Sindrome De Down
- Http://www.uma.pt/carlosfino /documentos/powerpoint_vygot Sky.pdf
- A Escola, Segundo Os Paradigmas Do Consenso E Do Conflito
- Como Educar As Cianças Nas Escolas?
- Dislexia
- Formando Crianças Leitoras
- Informação é Arma Contra A Pedofilia

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online