PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


A pedagogia no século XIX



Johann Gottlieb Fichte ( 1762-1814)
Continua a corrente idealista iniciada por Kant. Nos Discursos à nação alemã contêm suas idéias essenciais de sua pedagogia. Para Fichte, a salvação da nacionalidade está unicamente na educação. Mas para isso cumpre que a educação chegue a todos os cidadãos, sem exceção. O que realmente quer é uma educação nacional e não uma educação popular. A educação há de ser eminentemente ativa, baseada na própria atividade do aluno; o importante não é o conhecimento, mas a vontade. É um dos primeiros representantes do ativismo e do voluntarismo em Pedagogia. O decisivo contudo é a moralidade. É o mais alto representante da educação de Estado e da escola nacional. ?Se o Estado empreende a tarefa proposta, deve fazer a educação em toda a extensão do território e para todos os jovens, sem exceção. Precisamente para lograr essa generalidade temos necessidade do Estado?
. O fim ultimo da educação é a humanidade. Fichte foi também um dos primeiros defensores da escola unificada, ao pedir a educação de todos em todos os graus, segundo a capacidade e independentemente da posição econômica e social dos alunos. ?Um ponto capital na nova educação nacional é que a instrução propriamente dita e o trabalho manual se reunam, que cada instituto se baste a si mesmo, ou ao menos que assim se apresente aos olhos dos alunos, e que cada um deles tenha consciência de trabalhar com todas as forças para produzir esse resultado?.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Educação Escolar, Pedagogia E Didática. In: Didática
- Pedagogia Positivista
- Pedagogia Da EducaÇÃo Seculo Xix
- Reformas De Ensino De 1930: Primeiro Ato (2)
- Pedagogia Da EducaÇÃo SÉculo Xix
- Pedagogia Da Educação Seculo Xix
- A History Of The Problems Of Education

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online