PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Por que Alfabetizar Tão Cedo?



A pré- escola alfabetiza?
Segundo a professora Luciana Tachini, alfabetização como conteúdo formal dentro de uma instituição de ensino não deverá ser imposta dentro da pré-escola. Existem conteúdos nos programas da educação infantil tanto nas creches como nos centros ou escolas que consideram as condições neurológicas, emocionais, cognitivas, sociais e intelectuais da criança, permitindo seu desenvolvimento sem que a alfabetização formal ocorra. O processo de alfabetização não deve ser o centro do trabalho da educação infantil, mas uma conseqüência de tudo que foi trabalhado durante os primeiros 6 anos de vida da criança. Como afirma Fontana e Cruz, o processo de aquisição da linguagem escrita ocorre desde o nascimento do indivíduo, mas é na escola que o cotidiano é formalizado.
As pesquisas desenvolvidas por Emília Ferreiro e Ana Liberosky, entre outros, demonstraram que a linguagem escrita está presente no mundo que nos rodeia sendo parte integrante do cotidiano de crianças e adultos. Nesta perspectiva, pode-se deduzir que a linguagem escrita está presente nos programas e currículos das escolas de educação infantil. Porém, vale destacar que mais do que dizer se é ruim ou bom alfabetizar na pré-escola, é perguntar-nos: Como isto será feito haja vista as especificidades deste nível de ensino? O processo de desenvolvimento das crianças também dá indícios do momento em que este trabalho de alfabetização poderá ser desenvolvido e qual a melhor maneira. Vale ressaltar, porém, que o processo de alfabetização não deverá ou poderá substituir o trabalho que envolve o estímulo da linguagem oral, do desenho, do lúdico, do movimento e de todos os aspectos fundamentais ao desenvolvimento integral da criança.
Pensando no papel da pré-escola enquanto nível de ensino como prevê a LDB, podemos afirmar que é prioridade da pré-escola a formação integral da criança pequena de 0 a 6 anos, dentro de creches, centros ou escolas de educação infantil. Desta forma, podemos considerar que todo e qualquer trabalho que estimule o desenvolvimento da criança estará indiretamente colaborando para o processo formal de alfabetização que ocorre durante a educação básica. Deve-se perceber ainda que o processo de desenvolvimento e aprendizagem é individual em alguns aspectos e social em outros, como apresenta Jean Piaget e Vygotsky. Sendo assim, as exigências que partem das crianças e do meio podem acarretar processos de alfabetização informal e formal, mesmo não sendo este o papel central da educação infantil.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Leitura, Escrita E Teoria Psicogenética
- Alfabetização: Teoria E Prática
- P.d.e Novo Plano Propõe Salto De Qualidade
- Maria Montessori A Médica Que Valorizou O Aluno
- A Importância Da Leitura Na Primeira Infância I
- Distúrbios De Aprendizagem. Uma Abordagem Psicopedagógica
- Alfabetização Não é Repetição

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online