PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


PAULO FREIRE: A lógica do encantamento



O artigo relata a importância de um dos maiores educadores brasileiro, Paulo Freire, conta a historia de um jovem chamado Marcos Pereira Santos de 20 anos de idade que é um dos quatro educadores que participam do Centro de Educação e Organização Popular (Ceop) localizado na favela do Jardim São Remo, Zona Oeste de São Paulo. Em parceria com o Mova, programa de alfabetização de jovens e adultos da prefeitura de São Paulo, o projeto atende a oitenta pessoas da comunidade, que aprendem não só a juntar e rejuntar as letras do alfabeto, mas também, a partir daí, a interpretar e refletir sobre a realidade em que vivem. Falando do jovem Marcos, o autor do artigo chama a atenção para o fato que muitos educadores no Brasil trazem no seu modo de agir mais que a simples transmissão de conhecimentos. Muitas vezes sem saber, trazem a marca de um dos maiores pensadores do Brasil, que analisou e difundiu a educação como instrumento de conscientização e libertação. No artigo são apresentados relatos de alguns educadores sobre Paulo Freire, como por exemplo: o professor da Faculdade de Educação da USP Moacir Gadotti, companheiro de Freire e um dos fundadores do instituto que leva seu nome, dá outra dimensão à importância do mestre. Paulo Freire marcou por sua vida. Não apenas pela grandeza de sua obra, mas principalmente por sua causa, que é a causa do oprimido. Ele a levantou e tornou-se um símbolo da luta do oprimido. Filho caçula do educador, Lutgardes Costa Freire passou todos os anos do exílio ao lado do pai. Cientista social, hoje é um dos coordenadores do Instituto Paulo Freire. Ele se lembra do período no Chile, durante o qual foi escrito Pedagogia do Oprimido. "Meu pai conviveu muito com camponeses e operários antes de escrever o livro, conhecia bem a realidade de que estava falando", sustenta. Sempre foi uma pessoa muito acessível, não tinha problemas em arranjar tempo para atender um estudante, por exemplo, completa. A professora da Universidade Federal de Santa Catarina Nilcéa Pelandré, estudiosa da obra de Freire, diz que é o principal da obra de Paulo Freire, é mostrar e aprender sobre a realidade implica necessariamente mudá-la, saber que se pode mudá-la. Agora, ele está sendo ainda mais estudado e novas idéias surgirão a partir do que escreveu, pregou, mas principalmente da causa que defendia: o sonho da educação se tornar verdadeiramente uma ação libertadora. E a obra continua fazendo aquilo que era o mais importante para ele: trocar a lógica da lamúria pela do encantamento, impregnando cada um com o ingrediente indispensável para começar a mudar, a esperança.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Paulo Freire
- Pedagogia Do Oprimido
- O Menino Que Lia O Mundo
- Pedagogia Da Autonomia
- Beletrismo, Utilitarismo E Educação / Sobre Paulo Freire
- Abordagem Sócio-cultural
- Proposta Pedagógica De Paulo Freire

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online