PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Alegoria da caverna



A Alegoria ou Mito da caverna é o texto mais conhecido de Platão, isto porque é muito rico em questões sobre o conhecimento, realidade, ilusão, etc... Esta história caminha entre a realidade ( o encontro com o sol), e a mera ilusão ( o mundo das sombras).

    O episódio descreve a condição de prisioneiros que residem numa caverna, acorrentados de costas para a luz, e só conhecem este modo de vida. A sua única realidade é aquela, o mundo das sombras, da mera doxa. Um dia, certo prisioneiro conseguiu girar a cabeça, desprender-se das correntes e caminhar quase cego para a entrada da caverna, ao chegar a ela descobre o sol, ou seja, a verdade. Aqui ternina o caminho acrendente entre a ideia e o conhecimento. A caverna é símbolo do mundo em que habitamos, o sol o mundo inteligível.

    E, porque não vivemos sós, o prisioneiro retorna à caverna com o objectivo de mostrar aos seus companheiros a sua descoberta. Porém, seria em vão o seu retorno, porque nós, talvez por instinto apenas damos valor ao sensorial, não conseguimos aceder à verdade apenas por intuição.

    Contudo, o prisioneiro que encontrou o sol, acedeu à verdade, e deslumbrou-se. Conseguiu desligar-se do mundo das ideias, ou seja, do conhecimento das coisas sensíveis, e chegar ao conhecimento filosófico.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- O Mito Da Caverna
- O Mito Da Caverna
- O Mito Da Caverna
- Platão E A Alegoria Da Caverna
- Objetivo Da Filosofia
- O Pensamento: A Gnosiologia
- O Caso Dos Exploradores De Caverna

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online