PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Aquabrasil - Hidrocinesioterapia





Hidroterapia


                        Hidroterapia é conceituada como exercícios realizados na água (WHITE, 1998; SKINNER; THOMSON, 1985), exercícios aquáticos terapêuticos (BATES; HANSON, 1998) e uso terapêutico da água (THOMSON; SKINNER; PIERCY, 1994).


                      O Hidropersonal  é muito parecido, sendo distinto com relação a em que situação o trabalho está sendo desenvolvido, mas o acompanhamento é individual e personalizado, visando o desenvolvimento das atividades motoras. A linha é a mesma manutenção da saúde através de atividades leves em ambiente relaxantes e sociáveis.


                        O uso da água para fins terapêuticos remonta a Hipócrates (460-375 a.C), que preconizava o uso da água tanto para o fim em questão, quanto para o recreacional. Os romanos também a utilizavam para tratamento, sendo que, depois desses dois povos, a água terapeuticamente usada parece ter caído no esquecimento.

                      Somente em 1697, na Inglaterra, é que voltou a ser utilizada para tratamentos nos seres humanos. A partir de então, surgem algumas publicações, conquanto escassas. A terapia com o uso da água se consolida a partir do início do século XX, quando recebeu atenção científica (SKINNER; THOMSON,1985).

                      Thomson; Skinner; Piercy (1994) além de destacar os seus benefícios para o físico, realçam também que, quando realizados em grupo, os exercícios aquáticos melhoram a convivência, proporcionam lazer e favorecem as risadas, levando os pacientes à reabilitação.

                      Hoje há ampla aceitação do uso terapêutico da água, factualidade evidenciada pela sua acentuada procura, principalmente por mulheres adultas, com destaque para as menopausadas.

                      Cordeiro (2000/01) evidencia a importância dessa terapêutica em pessoas portadoras de esclerose múltipla. Para Moreira da Silva (1998/99), pacientes parkinsonianos são também amplamente beneficiados.

                               Pacientes diabéticos também são beneficiados com a hidroterapia ou hidropersonal, há uma melhora do controle glicêmico e do perfil lipídico, bem como sensação de bem-estar psicológico.


                        Existem muitas outras patologias das quais poderíamos citar aqui, mas essas já são suficientes para fazer-lhes entender o quanto à hidroterapia pode melhorar a qualidade de vida de uma pessoa enferma ou idosa. É importante que se ressalte a necessidade de realizar exercícios físicos periódicos para manter-se saudável. Por isso ao finalizar as sessões de hidroterapia essas mesmas pessoas devem encaminhar-se à aulas de Hidroginástica e dar continuidade ao trabalho de fortalecimento e manutenção, através do hidropersonal.




Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Agenda 21-seção Ii-conservação E Gestão Dos Recursos Para O Desenvol.
- A Boa Localização Da Cidade. In: A Política
- Educaçaõ Física Escolar E O Verdadeiro Papel Do Educador Físico
- A Sabedoria
- Mini Cenários Do Cinema, Parte1
- Chuva: Dicas Para Enfrentá-la E Sair Ileso
- Risco Ambiental E Agricultura De Regadio

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online