PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Preconceito




Preconceito


 É a opinião ou crença admitida sem ser discutida ou examinada, internalizada pelos indivíduos sem se darem conta disso, e influenciando seu modo de agir e de considerar as coisas. O preconceito é construído assim por uma visão de mundo ingênua que se transmite culturalmente e reflete crenças, valores e interesses de uma sociedade ou grupo social.


A manifestação compornamental do preconceito é  a discriminação. E  uma dessas é o racismo.


Existem três tipos de racismo: o individual, o institucional e o cultural. O primeiro é a crença na superioridade de uma raça com relação a outra.


A institucional é a massificação do racismo individual por meio de instituições, quando alguém não consegue um emprego numa instituição devido a sua cor.


O cultural é a expressão da superioridade da herança cultural sobre outras.  Um exemplo disso são os europeus que preconceituavam a cultura africana, tendo como ponto de referencia a sua própria cultura, em termos de religião, organização social, economia, educação, música e visão de mundo.


Um outro tipo de discriminação é contra a mulher, onde são consideradas ?sexo frágil, não sendo, em parte, capazes de atuar na sociedade. Mas esses julgamentos estão sendo revertidos, pois hoje as mulheres estão, em presença acentuada, inseridas no mercado de trabalho e em muitas áreas se superiorizando em relação aos homens. Em nossa sociedade há muitas diferenciações cultural, racial e étnica nos grupos sociais: mulheres  x homens, negros x brancos, orientais x ocidentais, etc.  e isso mostra a falsa homogeneidade nas  regras sociais e leis. Como forma de lutar contra essas diferenciações é que surgem os movimentos, como o movimento negro, o feminismo,, os sem-terras, etc.


Há também o preconceito contra a pobreza. Mas como diria Júlio de Santa Ana ?; só há pobres em relação àqueles que são ricos ou em relação de uma riqueza que se  teve ou que se pode ter, pois riqueza e pobreza são conceitos relativos?.


Em nossa   sociedade denominamos várias camadas sociais: ricos, classe média, pobres e miseráveis.


Um dos principais responsáveis pela pobreza e miséria de milhões de pessoas é a injustiça social. Pois alguns enriquecem a custo do empobrecimento dos outros.


O preconceito social, é social por excelência, com um panorama psicológico de nós mesmos para com a sociedade.


 Mas esse preconceito social difere de sociedade para sociedade, como exemplo o Japão e a Índia. Onde no Japão há um desprezo em relação aos pobres, enquanto na Índia não há esse menosprezo, pelo fato da maioria da população Ter o mesmo nível econômico.


Ás vezes, o preconceito é tão forte que confunde-se com a prevenção ao que é estranho. Pois muitas vezes nos deparamos com meninos de rua numa calçada e mudamos para o outro lado com medo de sermos assaltados.


A discriminação social também é devido as diferenças de raça e etnia.


Raça é o conjunto dos ascendentes e descendentes originários de um mesmo povo ou família. Etnia, grupo biológico, culturalmente homogênico.


Segundo a antiga concepção, existiam basicamente as raças: Branca, Negra, Amarela, Vermelha, porém esta última foi uma confusão estabelecida pelos colonizadores, pois ela nunca existiu realmente.


Mas todo ser humano tem um conjunto de características semelhantes, não importa sua origem geográfica. Daí se constituir uma única e mesma espécie que nos zoológicos deram o nome científico de homo-sapiem.





Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Será O Fim Do Preconceito Racial?
- Discriminação Docente
- A Cor Do Dinheiro
- O Preconceito Contra Os Negros No Brasil:ficÇÃo Ou Realidade
- Preconceito Racial
- CrenÇa , Religiao Ou CaÇa Às Bruxas?
- Acesso, Inclusão Ou Exclusão Do Adolescente Com Baixa Escolaridade

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online