PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Educação, ética e cidadania: a contribuição da atual Instituição Escol



A ética só foi considerada ciência a partir da idade contemporânea. E com isso fortaleceu-se o argumento de que a relação entre a ética e a educação são importantes para a formação moral, intelectual e teológica do indivíduo. ?A instituição educacional é uma importante responsável pela formação ética do indivíduo?. Os autores levantam a questão se a escola tem atendido a essa responsabilidade. Temos que considerar as variantes nos modos de funcionamento de instituições clássicas: família, trabalho, educação e democrática que sofreram mudanças, não são mais os mesmos de alguns anos atrás. ?Com este descompasso nas instituições, observa-se que a instituição educacional tem falhado no seu papel para com a sociedade?. Os jovens têm saído das escolas e universidades como concluintes de cursos, mas com conhecimentos limitados, sem possuir autonomia intelectual para a resolução de problemas cognitivos e práticos, além de não estarem preparados como sujeitos pensantes para solucionar seus problemas. Sabendo que existem varias éticas, a educacional seria um meio de conduzir o estudante a se sentir parte da sociedade, assumindo dessa forma as responsabilidades que lhe cabem como cidadão. A ética inserida na educação desenvolve no indivíduo a capacidade de estabelecer relações entre esses conhecimentos e habilidades, orientando-o para a prática da cidadania.O grande desafio que as instituições escolares teriam que superar é tirar do papel, por exemplo, discussões propostas pelo PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) que visa inserir a discussão ética no contexto educacional. Uma educação ética para um convívio ético na sociedade é ?adquirido ou conquistado por hábito? (Vázquez, 2003). A escola torna-se o lugar ideal para esse exercício de cidadania. É preciso atentar para esse espaço e valorizar a convivência com os educandos, em razão de que, quando os estudantes saem das instituições educacionais para o mercado de trabalho um dos requisitos a serem preenchidos por eles é a capacidade de convivência. Estamos vivendo em um mundo globalizado que se move numa velocidade acelerada. As informações transitam com tal rapidez e abrangência, que causam incertezas quanto ao futuro. Nossos estudantes precisam estar preparados não só pelos conhecimentos disciplinares mais também munidos com a capacidade de discernir entre os valores éticos, atitudes socialmente responsáveis e sua própria posição diante do espaço onde está inserido. Ou seja, a capacidade de enfrentar problemas assim que eles surjam de modo ético e com cidadania. Daí a importância em qualificar o trabalho do professor como uma atividade que ultrapasse a dimensão moral na direção da postura ética. A qualificação desse profissional talvez seja a chave para tal processo. O ato de educar não se restringe a mera transmissão de conteúdos didáticos, mas também a formação intelectual, ideológica e moral de um indivíduo.



Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Resumo: Os Desafios Do Educador Brasileiro
- Introdução à ética
- A Busca Do Sentido Na Formação Humana: Tarefa Da Filosofia Da Educação
- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- A Prática Da Docência No Ensino De Adultos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online