PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Aprovação escolar sem mérito: que motivos há para estudar e aprender?



Há muito tempo vem sendo debatida, questionada e condenada a tal promoção automática do aluno na rede pública do ensino sem que, no entanto, a curto e médio prazo, tenha-se ao menos encontrado um caminho, uma diretriz que conduza à solução de tal problemática. O que se sabe e se constata é que os alunos vêm terminando o ensino médio sem ao menos saber ler e escrever corretamente e, a cada dia que passa, mais aumenta o exército de semi-analfabetos ou "analfabetos funcionais" como são denominados. Realizando uma análise aprofundada sobre tal aberração, percebe-se que muitos são os fatores detonadores de um real e eficaz processo de escolarização, começando pela escola que perdeu seu foco principal, o de Ensinar, fato este que está condicionado, a priori, à própria formação dos docentes que, com o passar do tempo, não tem merecido a devida atenção e respeito por parte dos representantes do governo, seja na esfera federal, estadual ou municipal. Se não recebem a formação devida, em contrapartida, os professores são pressionados por todos que acompanham seu trabalho: políticos, diretor, coordenador pedagógico, pais de alunos e assim, ficam à mercê de julgamentos subjetivos relacionados especialmente à aprovação ou reprovação de seus alunos nas datas convencionais inscritas nos ciclos de aprendizagem. Acrescente-se a tudo isso, o aviltante salário que recebem, tendo também que desempenhar suas funções em instituições escolares que não apresentam as mínimas condições para que se desenvolva e se concretize um efetivo processo de ensino/aprendizagem. Presencia-se na mídia impressa e falada, de forma intensa, governantes vangloriando-se do aumento do número de crianças que passaram a freqüentar a escola. O que eles se esquecem de informar é que o aluno hoje encontra vaga sim, no ensino público, mas ?ir ou estar na escola? não significa que esteja aprendendo o essencial para sua própria sobrevivência: ler e escrever corretamente, elementos básicos para o exercício de uma cidadania consciente e reflexiva. Diante de tantos determinantes do fracasso da educação pública brasileira, resta indagar: por que os educadores em geral ainda têm dúvidas no que se refere ao porque do desinteresse do aluno pela escola e pelas aulas ?dadas?(sim, porque, infelizmente, como se tem constado, pouca renovação existe nos ambientes de assimilação do conhecimento)? É só juntar os ingredientes todos acima apontados e verificar se há alguma probabilidade de que tal receita possa trazer algum resultado eficaz e, no mínimo, satisfatório. 


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- RecuperaÇÃo De Estudos De Acordo Com A Nova Lei Da Ldb
- Inglês
- O Fracasso Do Ensino Público Brasileiro: De Quem é A Culpa????
- A ImplementaÇÃo Da Capoeira No CurrÍculo Escolar Pela Prefeitura De Municipal De Campinas
- A Importância Do Enfoque Histórico Cultural Na Elaboração De Aulas De Ciências
- EducaÇÃo: Uma Das Poucas Saídas Da Pobreza
- De Pais E Professores

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online