PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Breve reflexão sobre o filme: Os Enjaulados



>

Normal
0
21


false
false
false







MicrosoftInternetExplorer4

>


> classid="clsid:38481807-CA0E-42D2-BF39-B33AF135CC4D" id=ieooui>



>


Breve reflexão sobre o filme: Os Enjaulados


Por Raimundo da Silva Santos Júnior


Especialista em Supervisão Educacional,
Psicopedagogia e Gestão Educacional


Manaus, 16 de fevereiro de 2010




O filme retrata a realidade do trabalho
educativo com jovens e adolescentes na atualidade. Retrata também a realidade
das escolas, pouco em condições de realizar um processo de ensino-aprendizagem
sério, capaz de levar jovens e adolescentes a repensarem sobre suas práticas
cotidianas.


Para nós da Pedagogia, o estudo do filme foi de grande valia, pois nos serviu como ferramenta para refletirmos
sobre nossa prática e refletirmos sobre o que realmente poderemos fazer na
escola hoje, como participantes do processo de formação de nossos alunos, visto
que fazer o que o professor Walmsley fez é crime e se ele não simulasse sua
morte e fosse pego pelos direitos humanos estaria acabado na prisão e condenado
a morte pelos direitos humanos.


Vimos que a educação cria as relações. As relações
professor x aluno, aluno x direção, por exemplo, no filme, é resultado de uma
educação deficiente que privilegiava o direito dos alunos, que não lhes
ensinava o princípio da reciprocidade, da vida em sociedade. Acreditamos
que a escola ainda tem o poder de convencimento, ela ainda é capaz de ser a
líder da comunidade na busca de uma educação que prime pelo desenvolvimento dos
valores humanos como, respeito, tolerância recíproca, paz, harmonia e
solidariedade dentre outros.


Para nós, sem educação, a sociedade entra em rota de morte,
porque a violência ganha espaço e a corrupção reina. Nós educadores somos as
principais ferramentas que a sociedade dispõe par evitar o fracasso da
sociedade.


O filme nos leva a refletirmos sobre a realidade dos jovens
não apenas dos Estados Unidos da América, mas também dos jovens de nosso
querido Brasil. Vimos no filme o relato de jovens que se achavam donos do
mundo, diziam-se ricos e que podiam ter o que quisessem. Jovens sem orientação
familiar consistente, resultado de relacionamentos familiares fracassados.


Queremos também enfatizar que a escola ao traçar seu
Projeto Político-Pedagógico, que é a base para a construção de uma educação de
qualidade, deve ter como ação o desenvolvimento de ações educativas que visem
valorizar a família.


Vemos hoje muita reclamação contra a família. Dizem alguns
educadores que a família de hoje é a principal culpada pelo insucesso do aluno.
Relatam que os alunos estão sendo abandonados à sorte da escola. Relatam que
muitos discentes já não têm laços com pai e mãe, no entanto, não desenvolvem
nenhum trabalho educativo visando o fortalecimento dessa instituição que
consideramos eterna. Muita gente fala sobre família, mais nem sabe o que é
família.






Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Esboço BÍblico - O Alicerce De Sua Vida
- Páginas Para Pensar
- Ler
- Breve Reflexão Sobre Avaliação Da Aprendizagem
- Resumo: Modelo De Dedicatória
- Resumo Sobre O Vídeo O Poder Da Visão
- Júlio Dinis

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online