PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Direito DE RESPOSTA: 15 TIPOS DE COORDENADORES PEDAGÓGICOS




< strong>?A primitiva natureza do homem era boa: a ela 
(libertando-nos da corrupção) devemos regressar.?



Iohannis Amos Comenius
 (1592-1670)

I- Acima de Todo Sistema: Ser Humano!




Toda tipologia com pretensão sócio-psicológica é manca, inserir o Homem num sistema é erro paradoxal, mas o ser humano não sobrevive sem dar nomes e classificar o que existe, o que sente e pressente. Muitos que se dizem educadores, sem nunca ter vivenciado as mazelas da educação brasileira, escreveram livros que são estúpidos Best Sellers repletos de metáforas infantis com a vã pretensão de capacitar educadores! 



Alguns coordenadores pedagógicos e diretores se iludem com tal falácia e retórica pútrida que nada edifica. Estas ?estrelas da educação? são apenas escritores que ganham altas quantias com suas palestras adocicadas e vendendo seus folhetins pseudo-educativos. 

No rastro fétido dessa ilusão, o ? trio gestor? gasta o precioso tempo dos docentes lendo em enfadonhas reuniões pedagógicas textos rasos que jamais conseguirão dialogar com a Filosofia da Educação e nem com sua História, melhor seria estudar a Didática Magna de Comenius!

Num desses textos, ouvi algo imbecil como ?Tipos de Professores?, e a seguir, como direito de resposta e com lastro vivencial, relato as características comportamentais de 15 tipos de coordenadores pedagógicos.

II ? Os Tipos de Coordenadores Pedagógicos 

(duvide disso e faça da dúvida um benefício!)

1- Os que delegam e não acompanham, só te chamam para dizer que você fez tudo errado e quando algo dá certo ficam com todo mérito;

2- Os desconfiados, hipócritas, com mania de perseguição, supõem que o grupo está sempre sabotando a direção, os projetos, a coordenação;

3- Os que se escondem atrás de suas mesas e procuram disfarçar a incompetência para o cargo, usam jargões pedagógicos inúteis para coordenar, elegem a eminência parda para fazer o que tinha que ser feito;

4- O que são amigos de todos e complacentes com o erro; medrosos por natureza;

5- Os histéricos, vampiros histriônicos e que gostam de humilhar professores na frente de alunos e colegas, estes descoordenadores sempre estão dispostos a sugar a energia dos educadores e são mestres no assédio moral;

6- Os comparsas da direção, quando o trio gestor se parece mais com os engraçados ?Três Patetas? que nunca se entendem ou com os ?Irmãos Metralha? hábeis em sabotagens;

7- Os que somente aparecem na escola para buscar o hollerith, tiram licenças médicas durante o ano todo e, quando aparecem na escola, pedem "tudo de uma vez" para o corpo docente, deixando todos estressados e ainda chamam o grupo de incompetente! Esse tipo é mestre em se fazer de vítima;

8- Os que têm mania extrema de organização, não conseguindo organizar o próprio caos psíquico, que é interior, compensam-no organizando o suposto caos exterior. São aqueles que infernizam a vida dos professores, achando mil erros nos diários, nas provas, relatórios e demais documentos; eles fazem o mesmo com seus filhos, esposa e a própria mãe! Ninguém os ama, apenas são suportados por falta de opção;

9- Os depressivos e reacionários que justificam sua preguiça e frustrações pessoais no sistema educacional, nos políticos, na juventude e nos professores. Eles encontram muitos seguidores entre o grupo docente. Acham que antigamente tudo era melhor e vivem do passado. Não sabem que o passado foi feito para passar. Recusam a procurar um psicoterapeuta. Eles não têm e-mail, Orkut e MSN e cometem diversas falhas de comunicação, culpando o grupo pelas consequências do seu jeito manco de se comunicar. Quando eles têm e-mail, usam para passar correntes e textos lacrimosos. Gritam por socorro quando o PC trava ou quando a tela do Excel some. A vida deles é um imenso rascunho engordurado!

10- Os catastróficos com uma pitada de terrorismo e sadismo, eles são irônicos e manipuladores, sempre profetizam aos docentes que tudo poderá piorar e que o governo fará algo para prejudicar ainda mais a vida dos professores; que a mantenedora fará demissões, que o quadro será renovado e, em tom sarcástico, afirmam que possuem informações privilegiadas;

11- Os que são regidos pelo laissez faire. Também, podemos dizer: "No fim tudo dará certo, se não deu certo é porque ainda não terminou", só que o fim nunca chega e nada dá certo! Também encontram muitos seguidores entre os docentes que praticam o espontaneísmo e chamam equivocadamente sua prática de sócio-construtivismo. 





Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Significado Das Capas Dos Livros Da Série Crepúsculo
- Dinâmicas Para Momentos De Encontros
- As Expressões E Actividade Criadora
- Júlio Dinis
- Esboço Biblico - Chamados Para Perseverar
- Direito Civil - Das Pessoas Naturais
- Ler

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online