PUBLICIDADE

Página Principal : História


Lenda que destroi



Hoje saí á toa, só para ver o movimento das ruas.  Entrei no supermercado e gastei o que não podia gastar, depois fui a banca de revistas do bairro e fiquei olhando as novidades. Comprei duas revistas Discutindo Língua Portuguesa, que me custou R$15,80. Voltei pra casa toda feliz. Fiz o que tinha que fazer e na hora da folga peguei uma das revistas e abri no artigo "Sem Mistério".O artigo falava sobre as lendas urbanas, como a lenda do boneco Fofão. A lenda dizia que no boneco Fofão tinha um punhal e objetos de magia negra, ainda lembro dessa situação tragicômica, pois foi uma correria pra descartar o Fofão. Em cada depósito de lixo tinha um boneco condenado. Foi uma estupidez destruidora! Parei para analisar de onde surgem essas lendas, que a população das cidades grandes não sabe se é fato, se é verossímel, ficam na dúvida, mas no fundo acredita. Acredito que surgem de rapazotes que não têm o que fazer e maldosamente criam essas lendas "só pra tirar sarro", como foi o caso dos discos em Espanhol da Xuxa. Dizia a lenda que o disco ouvido ao contrário, escutava-se mensagens de exaltação ao demônio. Para concluir, acho isso uma barbárie. Como a entrevista de Carla Perez, por Jô Soares: ?Qual o seu hobby?? Ela responde: ?O preto que uso para dormir.? ?Qual seu prato preferido?? ?O de louça.?  Acredito que essas lendas têm o intuito exclusivamente de menosprezo e destruição.


Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Folclore Brasileiro
- As Mil E Umas Funções Dos Fantoches
- Lenda De Ibeji
- Espanho Ou Portugues?
- Joseph Campbell E Os Mitos
- Vivendo E Aprendendo
- Comportamento: Análise Das Revistas Femininas De 1945 A 1964

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online