PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Conflitos no mundo



Os conflitos regionais envolveram povos em luta pela afirmação de sua identidade, que pode ser definido por aspectos religiosos, étnicos, lingüísticos, políticos ou nacionais.

Algumas das principais áreas de conflitos são:

? África -tudo começou quando os africanos mantiveram as fronteiras delimitadas pelos antigos colonizadores Europeus. Quando os limites eram traçados os colonizadores não levavam em consideração a diversidade étnica do continente. Por isso, muitas etnias africanas estão separadas em estados diferentes, e muitos estados africanos abrigam etnias rivais. Com isso guerras como de bi afra, Serra leva e Libério foram realizadas.

? Oriente Médio - Um dos principais focos de tensão na região é a história disputa territorial entre Israelenses e Palestinos.

A fundação do Estado de Israel, antigo projeto sionista criou um foco de tensão entre os países ocidentais e o mundo Árabe. A aspiração palestina de formar um estado nacional aumentou depois disso, com isso ouve a disputa entre as duas tensões. A intervenção das tropas norte-americanas no Iraque a partir de 2003 gerou um novo conflito regional, entre muçulmanos xiitas e sunitas, originando uma guerra civil naquele país.

? Sul da Ásia - A independência da Índia provocou a divisão do antigo protetorado britânico em dois Estados: A República da índia e o Paquistão. O fato de os dois países terem bombas atômicas faz desse conflito um motivo de preocupação internacional.

? Sudeste da Ásia - Portugal abandonou a colônia de Timor Leste em 1936. O exército da Indonésia aproveitou-se desse fato para ocupar o território. Seguiu-se uma cruel repressão militar contra a população local. Em 2002, com a mediação das Nações Unidas, o Timor Leste conseguiu finalmente, a independência, mas ainda se encontrava em um processo de reconstrução.

? Europa - Diferenças étnicas, lingüísticas e religiosas geraram alguns dos focos de tensão, como na antiga Iugoslávia, no Reino Unido, na Espanha, na França. Esses conflitos envolveram povos que buscavam a autonomia em territórios que ocupam há séculos.

? América Latina -> A guerrilha na Colômbia, que opõe guerrilheiros de esquerda (membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia ? FARC, e do exército de Libertação Nacional - ELN) ao exército colombiano (ajudado por forças de extrema direita paramilitares, as Autodefesas Unidas da Colômbia ? AUC) é um dos conflitos mais antigos da região. E as minorias indígenas de alguns países latino-americanos também têm se rebelado contra seus governos e exigido políticas sociais mais justas. 

O conflito entre Israel e Palestinos



O conflito israelo-palestino é a designação dada à luta armada entre israelenses e palestinos, sendo parte de um contexto maior, o conflito árabe-israelense. As raízes remotas do conflito remontam aos fins do século XIX quando colonos judeus começaram a migrar para a região. Sendo os judeus um dos povos do mundo que não tinham um Estado próprio, tendo sempre sofrido por isso várias perseguições, foram movidos pelo projeto do sionismo - cujo objetivo era refundar na Palestina um estado judeu. Entretanto, a Palestina já era habitada há séculos por uma maioria árabe.

? Refugiados

Com o fim da Guerra Fria, os EUA tornaram-se a única superpotência mundial. O mundo, no entanto, está muito longe da paz. O atual sistema político e econômico condena bilhões de pessoas á miséria e à exclusão social. A pobreza extrema, a segregação e a falta de perspectivos de futuro muitas vezes conduzem a movimentos radicais, religiosos ou nacionalistas. 

O Conflito entre Israel e Palestinos

O conflito israelo-palestino é a designação dada à luta armada entre israelenses e palestinos, sendo parte de um contexto maior, o conflito árabe-israelense. As raízes remotas do conflito remontam aos fins do século XIX quando colonos judeus começaram a migrar para a região. Sendo os judeus um dos povos do mundo que não tinham um Estado próprio, tendo sempre sofrido por isso várias perseguições, foram movidos pelo projeto do sionismo - cujo objetivo era refundar na Palestina um estado judeu. Entretanto, a Palestina já era habitada há séculos por uma maioria árabe.

? Refugiados

Com o fim da Guerra Fria, os EUA tornaram-se a única superpotência mundial. O mundo, no entanto, está muito longe da paz. O atual sistema político e econômico condena bilhões de pessoas á miséria e à exclusão social. A pobreza extrema, a segregação e a falta de perspectivos de futuro muitas vezes conduzem a movimentos radicais, religiosos ou nacionalistas. 

Segundo o Alto comissariado das Nações Unidas para Refugiados, em 2005 existiam 8,4 milhões de refugiados no mundo. Quando se levam em conta as pessoas que se deslocaram dentro de seu país as que voltaram para casa, mas passam necessidade, e as pessoas sem pátria, esse número atinge 20,8 milhões.


Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Zonas De Tensão Externa Da Arábia Saudita
- Relações Internacionais Da Arábia Saudita
- O Terror Israel/eua
- Conflitos Mundiais Hoje.viaje E Volte Vivo!
- Geo ? Política Internacional ? Oriente Médio
- Terroristas Judeus Causam Desastre Ecológico
- Análise Sobre A Negativa De Lula Em Visitar O Túmulo De Theódor Herzl

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online