PUBLICIDADE

Página Principal : Educação


Terrorismo - Perigo em toda parte



O terrorismo é basicamente o uso da violência como arma política. Não há a presença de um exército regular, mas sim, de grupos armados que realizam ações criminosas. A última finalidade é criar um clima de terror e assim, atingir os objetivos políticos.

O terrorismo é uma forma de guerra de baixa intensidade, mas apesar de causar menos mortes que as guerras normais, elas assustam bem mais a sociedade. De um lado, o terrorismo tem sido utilizado por minorias políticas, para obter poder, Do outro lado tem sido utilizado pelo estado para derrotar os opositores e intimidar a população.

Os grupos terroristas apresentam diversas tendências como veremos a seguir.

? Extrema direita

como os nazistas ou os fascistas, que tinha seus coletivos paramilitares, as SA (Tropas de Assalto). No caso alemão, ou os fascii di combattimento, no caso italiano, grupos que buscavam impor suas teses pela força e atemorizar grupos políticos rivais; a OAS, um grupo terrorista francês que, descontente com a política descolonizadora da Argélia, realizou numerosos atentados (seu principal alvo foi o general Charles De Gaulle); os cabeças- raspadas são grupos de jovens neonazistas que, nas últimas décadas. Proliferam especialmente na Europa e praticaram agressões contra imigrantes, homossexuais ou militantes de esquerda.

? Extrema esquerda 

na década de 1960 surgiram muitos grupos de esquerda (e com ideologias socialistas e comunistas), que praticaram guerrilha contra o capitalismo. Alguns deles até receberam ajuda financeira e também treinamento, como Baader-Meinhof, um grupo alemão que realizou assaltos a bancos, seqüestros assassinatos. Na América Latina, a revolução de Fidel Castro implantou o primeiro regime socialista no continente. Por medo de o modelo cubano expandir- se a outros países latinos- americanos, os Estados Unidos colaboraram com a instauração de ditaduras militares. Como reações a esses governos autoritários formaram-se grupos armados revolucionários Che Guevara converteu-se quase em um mártir dessa causa. Também podemos citar os Montoneros, na Argentina, os Tupamaros, no Uruguai e o MR-8 e a ALN, no Brasil.

? Maoístas

o modelo da revolução chinesa de Mao TSE- Tung tentou expandir- se a outros países mediante a ações de grupos terroristas como o Khmar Vermelho, com o qual o grupo liderado por Pol Pot conseguiu alcançar o poder nos anos de 1970. O Sendero Luminoso, no Peru foi um dos grupos terroristas mais ativos na América do Sul durante a década de 1980.

? Terrorismo Separatista

são grupos que proliferaram inúmeros países espalhados pelo mundo todo, que defendiam a criação de um Estado próprio para abrigar seu povo. Os principais grupos terroristas são Exército Revolucionário da Irlanda (IRA), a pátria Basca e Liberdade (ETA). Na Alemanha, movimento na Córsega (França), na Chechênia (Rússia), no punjab (Índia), no Sri Lanka. A IRA e o ETA abandonaram as ações armadas recentemente.

? Terrorismo de Estado 

acontece quando os governos utilizam de violência sobre a população, que pode ser exercida pelas forças militares e policiais convencionais. Um exemplo de segundo caso é o do grupo Antiterrorista de Libertação. O Rainbow Warrior é exemplo de terrorismo de estado. Há outros tipos de terrorismo, como o religioso (davidianos)




Veja mais em: Educação

Artigos Relacionados


- Eta - Questão Basca
- Guerrilha - Ernesto Che Guevara
- Al Qaeda
- Considerações Sobre O Impasse No Caso Battisti
- Eu, Cabo Anselmo
- Estado E Nação
- Terroristas Judeus Causam Desastre Ecológico

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online