PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


A Velha Busca ( O Itinerário do Amor)



Praticas.
Formalmente.
Liberou os seus motivos.

Fez os sexos e meus filhos.
Passeando ao som e vídeo.

Não é mal.
Nem natural.
Quem vê olhos e vê bandidos.

Não pecamos como diz ?o livro?.
A escrita é um mal entendido.

Permaneço constante.
Aos seus elogios.
Como eu crio os seus acasos.
Eu posso ficar escondido.

Vem e tem.
Como os cem, tô em cinqüenta bares por ae.

Então sente.
Mais além.
Da miséria que você tem.

Não a caso.
Nem acaso que me assuste como os teus.

Que nem quando vida te pediu a culpa.
Que nem quando você viu que a rosa não é pura.

Pra ter vida como a de um mestre.
Eu preciso apenas gozar.
Minha ereção intelectual.
Permanece do almoço ao jantar.

Nós dois temos os mesmos defeitos.
Nos amamos um pouco sem jeito.
Para ficar...
Quem sabe um dia vão lembrar.

Você dita e não assume, a postura de uma princesa.
Vive com suas lamurias, com a ilusão de uma certeza.
Somos fato de um crime sem danos.
Que fizemos na sexta-feira.
A lembrança ainda te consome.
Com medo da lua cheia.

Mas... Estamos bem.
Bem além.
Do propósito permitido.

Temos alma, temos lindos.
Corpos que são famintos.

Pertencemos, e vivemos.
Não temos um porque.

Eu sofro por não ter o que sofrer!
Eu vivo por não ter pra quem viver!
Eu amo por não ter o bom e velho amor.

Eu sou aquele que se perdeu nos seus lábios!
Eu sou o padre que te livra dos pecados!
Quem sabe até um mensageiro, que te deu o recado!
Eu sou a velha busca do seu itinerário... O Amor!


Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- Ele Sabe Todas As Coisas
- Você Pode!
- A Mente Enganosa - Como Gerenciar Seus Pensamentos
- Amor Em Preto E Branco
- Medo De Ter Medo
- Paulo Coelho - Frases E Pensamentos V
- Não Estou Desamparado

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online