PUBLICIDADE

Página Principal : História


África do Sul ? O fim do Apahtheid





África do Sul ? O fim do Apahtheid


Originada por um racismo intransigente, o termo inglês significa separação. Todo o sul africano era classificado no momento que nascia em uma de 4 categorias: brancos, negros, asiáticos e mestiços. Segundo tal lei, 77% do território era reservado aos brancos, também os únicos a possuir o uso pleno de todos os direitos civis. Isso começou a acabar em 2 de fevereiro de 1990, quando o então presidente Frederick de Klerk declarou que iria tornar legais os partidos de oposição, principalmente o CNA, cujo dirigente máximo Nelson Mandela, que se encontrava preso há mais de 30 anos, foi imediatamente liberado e pode, enfim, aos 72 anos, retomar suas atividades políticas como líder da maioria negra.


Nelson Mandela» O primeiro presidente desde maio de 1994 de um governo democrático e multirracial na África do Sul. Nasceu em 8 de julho de 1918, filho de um chefe de tribo. Na juventude foi campeão de pugilismo na categoria peso pesado com o apelido de king kong. Preso e encarcerado desde 1964, sempre recusou negociar sua libertação em troca de renúncia á luta armada. Tal renúncia só foi aceita quando o atual presidente lhe deu garantias suficientes para por fim ao Apartheid. Em 1990 visitou o Brasil, sendo recebido como herói.




Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Apartheid
- O Apartheid Na África Do Sul
- O Negro No Futebol Brasileiro
- Mega Memória - Assim Foi O Século 20...
- Sistema Político Sul-coreano
- Protocolo
- A Guerrilha Do Araguaia

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online