PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Willian Shakespeare



Willian ShakespeareMaior expoente do teatro inglês. Nasceu em 23 de Abril de 1564 e faleceu em 23 de Abril de 1616 aos 52 anos, datas do calendário Juliano para o Gregoriano as datas seriam nascimento 6 de Maio e morte aos 3 de Maio. Foi o terceiro dentre os oito filhos que seu pai teve.Teve uma vida atribulada. Em 1587 inicia-se no teatro. Em 1590 começa a escrever suas famosas peças. Foi um dos maiores interpretes das paixões humanas. Como ator beirou a miséria. Como diretor levou seu teatro a falência!Como produtor trocou seu trabalho pelo pagamento de suas dívidas! Chegou a tentar o suicídio e num acesso de desespero colocou fogo a um teatro.Mas também chegou a ganhar bastante dinheiro.Comprou várias propriedades com isso.Em 1582, aos 18 anos de idade, casou-se com Anne Hathaway, uma mulher de 26 anos, que estava grávida. O casal teve uma filha, Susanna, e dois anos depois, os gêmeos Hamnet e Judith.Trabalhou na companhia de teatro Lord Chamberlain.Escreveu 37 peças. Sendo 17 comédias, 10 dramas e 10 tragédias.São sua obras Romeu e Julieta, Henrique IV, Othelo, Ricardo II, Macbeth, Sonho de uma noite de Verão, Timon de Athenas, Os dois cavaleiros de Verona, A Tempestade, Péricles, Cleopatra, Coriolano, O Rei Lear, Noite de Reis, O Mercador de Veneza, Julio Cesar, Hamlet, A comédia dos erros, Muito barulho por nada, Medida por Medida, Cimbelino, A megera domada, Tudo esta bem quando termina bem, Tito Andrônico, Tróilo e Créssida, Rei João, Eduardo III, Vênus e Adonis, O rapto de Lucrécia.Escreveu ainda 154 sonetos.Morreu por causa desconhecida. Há pessoas que colocam em dúvida tanto sua identidade como a autenticidade de suas obras.Suas obras baseadas nas paixões humanas são em sua base sempre atuais e ao se adaptar a linguagem cabem perfeitamente nos dias de hoje e em qualquer lugar do planeta sendo que um bom exemplo é o filme Ran do cineasta japonês Akira Kurosawa que foi uma versão do Rei Lear e que se tornou a maior obra de sua filmografia.Muitas são as citações e poemas usados em várias falas e divagações como por ex: '' Há Algo de podre no reino da Dinamarca''; "O tempo é muito lento para os que esperamMuito rápido para os que tem medoMuito longo para os que lamentamMuitos curtos para os que festejamMas, para os que amam, o tempo é eterno;" "Ser ou não ser? Eis a questão"; " O egoísmo unifica os insignificantes;""Consciência é uma palavras usada pelos covardes, para incutir medo aos fortes"; "Mostre-me um homem que não seja escravo das suas paixões." Esse era o homem!E para encerrar!-''Há nos negócios humanos uma corrente cujo fluxo, ao ser seguido, leva ao sucesso:Desprezado, todo o curso da vida do homem confina-se aos baixios e as tormentas, tirado de'' "Julio Cezar".


Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- Eurípides
- Cleópatra
- Os Fantoches E A Literatura
- História Do Teatro No Brasil
- Gil Vicente
- Calendários
- "a Vida Que Eu Vivi No Teatro"

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online