PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Poesia / Dengosa Morena



Dengosa a morena desfila mostrando toda a sua beleza descendo a avenida da vila que a leva rumo à cidade. De minha janela tenho a felicidade de vê-la passar caminhando no meio do povo. Cada vez que a vejo, de novo meu desejo aumenta. Nem é por maldade, mas quem é que aguenta vê-la vestida assim quase semi-nua com uma blusa de renda rosa, que deixa à mostra metade do seio, contrastando com a mini-saia roxa que desce pouco abaixo da coxa. Quem é que não gosta de ver uma musa assim, quem é que deixa de olhar para a rosa que enfeita o jardim e perde seu tempo admirando o capim. Para mim o único motivo de queixa é o dia em que ela deixa de passar por mim. já que vivo debruçado na janela, não por que não precise trabalhar, ou não tenha o que fazer, é que tenho um grande prazer em vê-la passar.


Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- Poesia / Sucessos Do Momento
- Comprar Uma Bicicleta Ou Casar
- Mais Uma Lição De Vida
- Poesia / Vulto
- Www.filmesepipocas.blogspot. Com
- Priscila / Musica
- Desejo E Reparação

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online