PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Teoria do Balde



Imagine que nossa vida inteira seja como um ser com inúmeros baldes ao redor.

  Uns cheios, outros vazios e outros pelo meio.

  O indivíduo egoísta quer armazenar tudo para si mesmo. Inútil. O que transborda de esvai.  O que necessita continuará vazio.

  O acomodado fica parado e não faz nada. Inútil. Haverá desperdício transbordante e carência nos vazios.

   O inteligente tentará conter o transbordamento de uns _ para economizar _, fará alianças para conseguir encher os vazios. Pode até funcionar, mas se distancia muito da caridade.

   O sábio aceitará o fato e saberá detectar os que transbordam e os que necessitam. Por se sábio, deixará que se aproxime de seus baldes transbordantes todos os carentes. E sabiamente, se aproximará de todos os transbordantes para encher seus próprios baldes vazios.

  Dessa forma a caridade será genuína.

  Ninguém é tão rico que não precise de nada e ninguém é tão pobre que não tenha nada para dar.

   Mas e se os transbordantes se recusarem que os vazios se aproximem deles?

   Jesus disse: ´´Amai uns aos outros.``

   Buda disse: ´´Procurai o caminho do meio.``

   Dos baldes que transbordam em mim, sirva-se. Dos meus baldes vazios, não tenho vergonha ou timidez de pedir: Você tem condições de preenche-los? Posso me aconchegar?

ninamar

[email protected]


Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- O Sentido Da Vida Parte I
- Porque As Pessoas Se Suicidam? Falta Jesus Em Seu Coração.
- A Baiana Chegou Da Bahia...
- Religião Do Futuro
- Urbanização No Brasil
- Exodo Rural & Migração Pendular
- Um Argumento Que Não Pode Ser Contestado

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online