PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Auto da Lusitânia



Ninguém, pergunta a Todo o Mundo o que andava buscando.

? Mil coisas ando a buscar: delas não posso achar. Porém ando perfiando por qual bom é perfiar.?

Ninguém pergunta: Que nome hás cavalheiro?

__ Eu hei nome Todo o Mundo, e meu tempo todo inteiro sempre é buscar dinheiro.

__Eu hei nome ninguém, e busco a consciência.

Berzebu pede ao compadre Dinato que escreva.

__Que escreverei companheiro?

__ Que Ninguém busca consciência e que Todo o Mundo busca dinheiro.

Ninguém pergunta a Todo o Mundo: __ E agora que buscas lá?

__ Busco honra muito grande.

Ninguém: __ E eu virtude, que Deus a mande.

Berzebu para Dinato: ? outra adição nos açude: que busca honra Todo o Mundo e Ninguém busca virtude.?

Todo o Mundo para Ninguém: ?Folgo muito em enganar e mentir nasceu comigo.?

Ninguém: ? Eu sempre a verdade digo, sem nunca me desviar.?

Berzebu para Dinato: ? Todo mundo é mentiroso e Ninguém diz a verdade.?



Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- VocÊ Precisa De Deus!
- Jesus O Maior Psicologo
- "sou Maddie, Quase 5, E VocÊ ?
- Nas MÃos Do Oleiro
- Communications Technology And Social Policy
- O Jardim Secreto
- Jean-jacques Rousseau - Frases E Pensamentos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online