PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Pinocchio



Pinocchio

o livro narra a estoria de um lenhador chamado Antônio que pegou um pedaço de madeira para trabalhar, quando de repente , entrou o seu amigo também lenhador chamado João Pedro que lhe pediu  um pedaço de madeira .

_ Pega este aqui.

Assim, João Pedro retornou a casa e  começou a

 trabalhar, chamou o boneco de Pinocchio,

e apenas terminando de construí-lo, pensou em dá uma boa instrução, o

matriculou  na escola, vendeu o seu casaco e com o dinheiro comprou os livros para o filho.

Pinocchio era apenas na estrada para ir a escola ;  quando de repente viu uma casa de teatro de bonecos. Para pagar o ingresso de entrada, ele vendeu os livros; ali um dos bonecos lhe deu 5 moedas de ouro para ele levar para o pai.

Imagina a felicidade de Pinocchio! Comprimentou os bonecos e seguiu sua estrada, havia feito apenas meio quilometro encontrou uma raposa e um gato.

Bom dia Pinocchio! Disse a raposa, eu vi teu pai morrendo de frio.

_ Oh!  Pobre papai meu, mas agora que tenho as moedas de ouro...

_ O que pensas de fazer? Multiplica-las?

_ Como posso fazer?

Conhecemos um país que tem um campo de milagre, se plantar uma moeda, depois de pouco tempo encontrarás uma árvore  cheia de moedas.

_ Mas é verdade? Perguntou Pinocchio.

_ É a mais pura verdade, te asseguro. Muitos de nossos amigos se tornaram rico da noite para o dia.

_ Mas eu deveria levar estas moedas a papai.

Pinocchio decide seguir eles,  ali passou a noite, e pela manhã se encontrou sozinho, e sem conhecer o caminho de retorno para casa. Mesmo assim, caminhou pela estrada, até que avistou uma casinha e bateu a porta; da janela lhe respondeu uma bela menina com os cabelos azul, o que você quer?

Eu quero encontrar meu pai! Tenho medo,  ele perdeu o sentido e desmaiou. Quando abriu os olhos, viu do seu lado, uma fada que chamou os médicos: um corvo, a coruja e um grilo.

Os médicos tocaram ao pulso de Pinocchio e disseram dai-lhe um copo de óleo de rícino.

Pinocchio desperta  gritando:

_ Óleo de rícino não, e não!

_ Agora morrerá, disse a fada.

Pinocchio não tendo alternativa bebe o óleo.

_  Se você quer ficar e morar aqui comigo, será como se fosse meu irmãozinho.

Sim, fada bela! Eu te prometo, mas antes eu preciso ir encontrar meu pai.

Pinocchio parte, e apenas entra no bosque encontra a raposa e o gato que  o convence a plantar as moedas de ouro no campo dos milagres.

Enfim, ao retornar ao campo para ver a planta que deveria crescer cheia de moedas, mas não a encontra nem a sombra da árvore  e nem menos as moedas enterrada; chorando e desesperado retorna a fada , mas foi informado que a menina de cabelos azul morreu.Em meios ao desespero, começou a caminhar fim que chegou a casa, encontrou seu pai o abraçou forte e lhe prometeu que seria um bravo estudante, ele retorna ao caminho da escola.

Mas... também desta vez, Pinocchio desvia o caminho e se dirige a praia, atraído pelas ondas se joga no mar. Depois de descansar um pouco, retornou a praia, e pensou que era o momento de ter juízo, de demonstrar ao pai sua obediência. Pega os livros e caderno, decide de andar até a escola, mas ao longo da estrada escuta uma campainha e olha, vê uma carroça cheia de crianças que gritavam, sorriam.

_ Pinocchio vem com a gente!

_ Onde?

_ Em um país onde não se estuda não se trabalha, mas se brinca e se come doce.

O boneco não pensou duas vezes, subiu na carroça, e depois de alguns dias suas orelhas cresceram como de um burro, e depois de duas semanas todo o corpo era como de um burro.

Bem! O homem cansado de lhe dar comida, o vende para um agricultor.

Pinocchio não podia falar, mas compreendia tudo. Imagina! Como ficou assustado quando compreendeu que o agricultor queria afogá-lo. Ele chorava por dentro, suspirava...,o homem não teve outra solução que deixa-lo livre. Pinocchio se refugiou no mar  se pós a nadar até a outra margem, quando estava no meio do caminho, veio um tubarão ao seu encontro  lhe engoliu. Ali dentro era tudo escuro, mas ele caminhou até que avistou uma claridade

lá no fundo, se aproxima e ver uma longa barba branca .

Aquela vista Pinocchio sente uma imensa felicidade, que pensou que estava delirando, se jogou nos braços daquele velho, exclamando: meu paizinho, eu te encontrei! Como veio parar aqui?

_ Este peixe me engoliu faz um mês. Oh! Meu menino agora morreremos aqui!

De repente escuta uma voz bem baixinha se vocês forem sábios não.

Aquela vozinha Pinocchio se virou e viu ao lado do pai um pequeno peixe

_ Eu sei que este tubarão sofre de asma e se vocês caminharem devagarzinho até a sua garganta, no momento que ele tossir vocês escaparam, e assim foi feito.Apenas quando se sentiram seguros retornaram a casa e Pinocchio,

 pois a estudar e trabalhar, para fazer-se perdoar das desobediências que tinha cometido.

Porém não conseguia esquecer a boa fada e deseja se tornar um bravo menino.

Uma noite, quando dormia, a fadinha lhe apareceu

 bela e sorridente.

_ Pinocchio quando você acordar será um menino

de verdade, lhe disse a fada. E Pinocchio, de manhã quando despertou, se deu conta que não era mais um boneco de lenha, mas um menino igual aos outros.



Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- O Afilhado Do Diabo
- A Bela Adormecida - Roteiro De Estudo Para As Crianças
- Nossos Filhos Nossas Maiores Riquesas
- - "está Perdido, Filho?" - "joão 3:16"
- O Velho E O Mar
- A Verdadeira História De Judas
- Diálogo

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online