PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Guernica: Quadro-denuncia



Destruição de Guernica: Ensaio militar nazista.

Em 1936, no mês de novembro, Hitler firmou um pacto de amizade e cooperação com Mussolini, formando o eixo Roma-Berlim. Aliados, Itália e Alemanha intervieram então na guerra civil espanhola para ajudar as tropas fascistas do general Francisco Franco , que lutava contra as forças populares da Republica espanhola.

Auxiliando Franco, o governo nazista pôde testar suas armas na Espanha, ensaiando ações militares que seriam empregadas na Segunda Guerra Mundial. Exemplo disso foi o massacre que a aviação alemã desfechou sobre a pequena e indefesa cidade de Guernica.

Esse violento episódio ficou celebrizado no quadro-denuncia Guernica, do genial pintor espanhol Pablo Picasso, que mostra os horrores desse bombardeio.

Em 1937, os fascistas bombardearam Guernica, uma cidade do interior da Espanha, matando mais de 7mil pessoas. Pablo Picasso pintou, para uma feira em paris, um mural como denuncia do massacre. A seu pedido, a obra só poderia ser exibida na Espanha quando a democracia fosse restaurada. Foram necessários 43anos para que isso pudesse acontecer.

Numa exposição em Paris, o embaixador de Hitler perguntou a Picasso se Guernica era a sua obra. Picasso respondeu: "Não, é obra de vocês".




Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- A Comuna De Paris
- Franquismo
- Pablo Picasso
- A Queda Da Bastilha
- Naturistas Europeus Viajarão Nus Para Congresso No Brasil
- Vanguardas Europeias
- Pablo Picasso

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online