PUBLICIDADE

Página Principal : Artes


Voz LINDA EM CORPO HORRENDO



?As feias que me perdoem,
mas beleza é fundamental?.
(Vinicius de Morais)

A palavra unanimidade, do latim unanimis significa que duas ou mais pessoas vivem um unus, um só ânimo ? animus. Pessoas que possuem objetivos em comum e se articulam lealmente para alcançá-lo, formam a unanimidade inteligente. Reserve.
As mídias instantâneas colocaram em evidência uma mulher com o corpo horrendo, segundo os padrões ocidentais do que se considera belo, porém ela tem uma voz impactante e quando canta faz a alma do ouvinte estremecer!
A ideia do que é belo foi construída e moldada em séculos sob influência da arte greco-romana.
Naquele corpo horrendo existe uma voz linda com timbre raro, vibrato preciso e impressionante! Voz linda segundo os mesmos padrões que citei, porém sob a estética da música vocal.
A feiura dela e a beleza de sua voz são fatos, pouco há a ser contestado, mas a mídia precisa de uma boa história que faça o maior número de pessoas chorarem e que engorde, com muitos euros, os bolsos dos anunciantes e patrocinadores!
Lições de moral via mídia não servem para quase nada, apenas para eliciar lágrimas em existências sensíveis e carentes de objetividade.
Mídia é média, que se reporta à medíocre, espera-se que a mídia convença unanimemente os medíocres a consumir toneladas de produtos descartáveis, inclusive ?arte?, retro-alimentando assim o sistema que dita o que é moda, consumir, amar, odiar, chorar e preservar.
O Homem deve ser o único animal que sente admiração diante de uma rosa, do Luar e do sorriso de uma criança!
Um cão, diante de uma rosa apenas a classificará como comestível ou não comestível.
Em milênios de evolução, seres humanos herdaram a subjetividade que lhes permitiu ter outros olhares além do pragmatismo necessário à subsistência; surge certa necessidade da arte, talvez para esquecer que sabemos que somos finitos. Reserve.
O queijo gorgonzola é fedido, feio e repleto de bolores verdes e úmidos, porém o gosto dele é maravilhoso e refinado (segundo os mesmos padrões estéticos que citei, apenas quanto ao gosto).
A analogia é válida: Julgar o queijo gorgonzola pela aparência e rejeitá-lo é uma insanidade! É preciso educar para a essência.
Não é pecado mortal julgar a essência pela aparência! Um mundo sem beleza seria trágico. Ainda bem que a evolução nos presenteou com a dádiva de poder realizar esse subjetivo constructo tão peculiar em subjetividades.
Na galeria de corpos feios e talentosos, a cantora é mais uma. Conheci um famoso cantor italiano que teve paralisia infantil, além de manco era feio, mas sua voz era de um timbre elegante!
Eu prefiro Maria Callas, que era linda e sua voz magnífica!
Quem quiser emocionar-se e lacrimejar ainda mais, porém no universo masculino e científico, que veja o horrendo retrato do genial Avogadro, certamente perderá o sono diante de tamanha feiura, mas vibrará com suas essenciais descobertas para o progresso da Atomística!
A outra volta do parafuso, para não se esquecer de certo freudismo: Ricardo III era feio e para compensar a falta de beleza que a Natureza lhe privou, decidiu ser mal, muito mal!
Mecanismos psíquicos de compensação criam monstros, santos e artistas.
Provocação: Imaginem se tal cantora fosse uma mulher má, como a mídia maniqueísta manipularia essa tríade: feiura, maldade e voz encantadora?
Para as pessoas que se cansaram de lacrimejar por bobagens regurgitadas pelas mídias, recomendo leitura dos ensaios de Umberto Eco sobre a Beleza e a Feiúra.
Considere e use paradoxalmente o que ficou reservado no primeiro parágrafo: ?Toda a unanimidade é burra? (Nelson Rodrigues)
Creio que é possível ter uma existência interessante, sem as influências das pieguices regidas pelos tristes humores religiosos e longe dos moralismos hipócritas que estão bem concatenados com as mídias instantâneas.
Existe unanimidade inteligente. Ela se forma quando se usa uma boa dose de ceticismo para analisar o que diante de nós se apresenta como fácil de consumir e rápido para se digerir.
Eu também me emocionei quando vi aquele horrendo corpo a cantar lindamente, mas jamais a comparei com um fedido queijo gorgonzola, porque a digestão do queijo gorgonzola não é tão fácil não!


Veja mais em: Artes

Artigos Relacionados


- Aprenda A Seduzir
- Notas Sobre A Necessidade Da Beleza
- A Beleza E Seus Sentidos
- A IncomparÁvel Beleza Da Mulher Madura!!!
- Economia Da Mídia
- Resenha - Quem Mexeu No Meu Queijo?
- O Patinho Feio - Roteiro Para Trabalhar Com As Crianças

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online