PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


PIRATAS DO CARIBE



Johnny Deep... Cheio de trejeitos, afeminado e macho. Herói e canalha ao mesmo tempo nesse filme que deu o que falar. Não fica com a mocinha - é um pirata e tem mau-hálito - mas ajuda o mocinho a ficar. Tem o velho preconceito de classe social, tem romance, mistérios, lenda e muita ação. A tripulação se rebelou contra Jack Sparrow (o personagem de Deep), capitão do Pérola Negra, ficou com o tesouro que haviam saqueado e ainda abandonou o coitadinho numa ilha deserta. Castigo: o tesouro estava amaldiçoado. Os piratas desleais não puderam mais sentir gosto ou prazer. Tinham muito dinheiro mas não podiam saciar sua fome e sede de comida, rum e mulheres. Também não podiam morrer. Apenas restituindo o tesouro acabariam com a maldição; para tanto, precisavam do sangue do mocinho e a ultima moeda que estava com a amada do mocinho, ou seja, deu trabalho. Em suma: em um belo trabalho de equipe, pirata e mocinho ajudaram-se mutuamente a recuperar o Pérola Negra e a mocinha, respectivamente. Ah, e de quebra ainda conseguiram recuperar o que consideravam sua honra (até os piratas têm isso). Surpreendeu, deu vontade de ver o segundo.


Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Piratas Das Caraíbas Nos Confins Do Mundo
- Piratas Das Caraíbas - Nos Confins Do Mundo
- Piratas Do Caribe 4 Encontra O Seu Vilão
- Zodíaco
- A ParÁbola Da PÉrola
- Viagens - A França Descobre O Brasil - 1503
- O Prenúncio Das Aguas

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online