PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


O Enviado (Godsend)



Em um momento em que se comentava muito sobre clonagem, resolveram fazer um filme a respeito - oportunismo, no mínimo. Sim, porque se realmente estivessem seriamente preocupados com a possibilidade e suas consequências, teriam caprichado mais no roteiro e direção. O que me surpreende é que Robert DeNiro - o que me levou a escolher esse filme - está atuando, muito bem como sempre, mas, em um filme que não faz nada bem à sua reputação. Suspense mais que manjado, excessivo, desnecessário; argumento confuso e duvidoso.
Um casal comemora o aniversário de oito anos de seu filho que morre atropelado no dia seguinte. No auge de seu luto recebem a proposta sobre clonagem de um renomado cientista (de Niro). A princípio chocados, rejeitaram com violência o procedimento que teria apenas 72 hs para ser viabilizado, mas, a urgência e a dor fizeram com que tomassem a decisão que anularia sua vida social até então. Tiveram que "sumir", afinal, tratava-se de um projeto super-secreto, ninguém dos que conheciam poderiam saber sobre o clone. O personagem de Robert de Niro, gênio sem o consentimento da sociedade, não poupou esforços para conseguir a realização de seu sonho, para tanto ignorou a ética e ludibriou o casal, omitindo uma possibilidade de erro após o aniversário de oito anos do clone. De fácil dedução, o que vem a seguir foi realmente, também um grande erro.


Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Scoop, ?o Grande Furo?, é Uma Furada
- Perdeu-se Na Tradução
- A Continuação Do Filme CrepÚsculo Já Está Sendo Preparada
- Biografia De Robert Pattinson - Http://www.imdb.com/name/nm1 500155/bio
- Sorte Nula: O Filme De Portugal
- Quatro Casamentos E Um Funeral
- As Revelções De Robert

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online