PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


custa



Durante muito tempo acreditei
Ter entregue o meu amor à reclusão
Tempo perdido, ido, agora eu sei
O amor jamais se prende ao coração Nem ao meu, nem ao teu, ao de ninguém
E apesar de ecoar a dor sofrida
Pelas celas, já vazias, mas de quem
Esteve nelas prisioneiro toda a vida Eu acredito, piamente, que serei
Destes ecos, novas grades, libertado
Fui por becos de inverdades condenado Marginal que não escapou à brava lei
Mas hoje, hoje dou-me como culpado
Amo-te e amar-te-ei sem ser amado.


Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Amor é A Solução
- Sobre O Amor E As Bandeiras
- O Amor De Deus!
- Jesus,exemplo De Amor Maior
- Amor
- Todos Dizem Eu Te Amo
- Amor De Verdade

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online