PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


A morte de Bruce Lee



Em 1973, uma celebridade no auge de sua fama na China ainda comunista, tentava conquistar o cinema norte-americano com um filme que prometia muita bilheteria e não apenas isso, pois tentava convencer cineastas e empresas do cinema nos EUA que seu trabalho tinha mais do que qualidade havia arte e talento. Seu nome era Bruce Lee. Este artista marcial (como preferia ser denominado), estava produzindo um filme: "O Jogo da Morte". O filme estava sendo rodado na cidade de Hong-Kong em um prédio em madeira com cinco andares. Bruce Lee preferia dar atenção especial às cenas principais e por este motivo todas as lutas mais importantes eram filmadas primeiro, para depois dar complemento ao filme com as demais cenas. Lee estava filmando uma das cenas em um dos andares praticando o que era sua marca principal, ou seja, o perfeccionismo, onde criava uma cena de luta e seus golpes teriam de ser na seqüência pretendida e de acordo com seu interesse. Se a série de golpes não estivesse de acordo, era rodada novamente. O local da filmagem era um ambiente com holofotes e apenas dois filmadores. Lee era quem organizava as cenas dispensando na maior parte do filme, a necessidade do diretor. Neste ambiente também estavam presentes Bruce Lee, evidentemente, o ator co-adjuvante, com mais um ou outro auxiliar. A temperatura superava facilmente a média de 45 C.. Ao final desta cena, Lee teria de ir para o hotel onde estava hospedado e se preparar para um jantar com o diretor do filme. Mas ao sair do ambiente em que se encontrava e abrir a porta para a saída, sofreu um choque térmico, levando uma brisa em torno de 25 C. Uma pessoa normal e sem preparo físico como Lee teria desmaiado.
Ele sofreu uma forte dor de cabeça. Ao que imediatamente uma das atrizes do filme lhe recomendou um remédio para dor de cabeça que ela tomava e que teria em seu quarto de hotel. Ela o convidou para tomar o remédio e repousar, horas depois o chamaria para que se preparasse para o jantar. Bruce Lee tomou o remédio e não acordou mais.
Era extremamente sensível a um dos componentes e não poderia ter tomado porque era alérgico a um dos componentes da medicação. O remédio provocou um edema cerebral por inchaço do cérebro e conseqüente AVC (Acidente Vascular Cerebral).
A situação criou especulações onde se cogitaram imediatamente que Bruce Lee teria um caso com a atriz. Muito se criou depois com fantasias de que teria sofrido um atentado, ou que uma bala o teria matado acidentalmente em uma cena de um filme. Nada disso é verdadeiro, o que verdadeiramente ocorreu, foi a sua morte fatídica por auto-medicação.
Bruce Lee não era apenas um artista marcial, era verdadeiramente um mestre de Kung-Fu, isso porque um mestre de Kung-Fu cria seu próprio estilo e ele criou seu próprio estilo, o Jeet-Kune-Do, uma arte marcial que Bruce Lee criou à partir do que ele já havia aprendido na China. Bruce Lee teve como seu primeiro professor, o seu pai que lhe ensinou o que pode ser interpretado como básico. Mas logo seu pai percebeu que não poderia dar continuidade com a devida atenção e por este motivo o encaminhou a um mestre chinês Yip Man, seu conhecido que o ensinou o estilo Wing Chun. Este estilo foi originado por uma chinesa que por não possuir força em seus golpes, compensava com a velocidade e agilidade nas suas lutas.
A velocidade dos golpes de Bruce Lee já foi comprovada em filmes onde um golpe apenas era observado em nada menos que quatro quadros de um filme. O estilo Wing Chun foi acrescentado por Lee com os movimentos das pernas nos combates de Muhammad Ali. Como Ali era canhoto e Bruce Lee destro, Lee observava os movimentos de Ali no espelho.
O estilo Jeet Kune Do não era apenas uma técnica de combate, mas uma filosofia com origem no Taoísmo, influências do Budismo e Khrishnamurti. O fato de ter se formado em filosofia pela Universidade de Washington com bacharelado em artes, também teve muita contribuição.Bruce Lee estava convencido que os estilos marciaise seus golpes não estavam preparados para os combates naturais, as lutas de rua. Uma síntese do que se baseia seu estilo marcial está no fato de que não se deve pensar no golpe que irá praticar, o golpe precisa sair da mesma forma como se realiza uma defesa. Por exemplo, imagine uma situação em que uma pessoa arremesse uma bola em sua direção, você acaba pegando a bola ?no susto?, levando suas mãos a pegar a bola. O mesmo reflexo que cada pessoa possui para se defender, Bruce Lee desenvolveu para o ataque. Neste sentido é que seu estilo se torna muito mais veloz e sua capacidade acima do que qualquer artista marcial ou lutador, pode capacitar.
A infelicidade é que uma lenda tenha sido vítima de uma coisa tão equivocada como uma auto-medicação.


Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Batman
- Stephen Chow Refilma Clássico De Bruce Lee Com Jack Black
- Biografia De Ben Affleck
- Jogos Mortais 3 - Saw 3
- Click
- Roberto I Da Escócia
- 12 Macacos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online