PUBLICIDADE

Página Principal : História


Caminhando Contra o Vento_ Uma Adolescente dos Anos 60



Este livro relata detalhadamente as mudanças gradativas que foram acontecendo em meados do século passado final dos anos 50 e anos 60 principalmente a vida dos adolescentes e das meninas.

Logo no começo do livro  a autora faz mensão ao tipo de casamento das avós daquele tempo, onde muitas ainda brincavam quando vinha alguém tirá-las das bonecas para anunciar seu noivado.

Quando os adolescentes fumavam escondido, e o namoro era no sofá da sala .Os colégios eram religiosos e meninas estudavam separadas de meninos. As moças faziam curso para esperar marido e os rapazes logo cedo tinham que assumir responsabilidade junto com os pais .

Como as mudanças acontecem primeiro na classe média , este livro é direcionado aos jovens da classe média.Também o termo adolescência surge por esta época antes não havia . Os jovens vão tomando consciência e viram um exército e logo logo o mercado de consumo descobre este filão. Foi o tempo de uma modelo magérrima chamada Twiggy e Leila Diniz surge no cenário com sua rebeldia. já no inicio dos anos 70 mostra sua gravidês com barriga de fora na praia de Ipanema. Para virar mulher a menina ia gradativamente largando os brinquedos e trocava o sapato para um de saltinho com meias finas. Foi os tempos da cinta liga. Muito sensuais até hoje. As meninas se preocupavam mais com a maquiagem e os cabelos e menos com a silhueta. Quase não saiam  de casa.

Aos dezoito anos podiam ir ao cinema e festas,  algumas iam a boates. Raramente. No fundo quintal bailinhos com vitrolas. Bebendo cuba-libre, dançava-se o rock de Elvis e bossa nova. Eram verdadeiras  festas de arromba, era chic ser boêmio. No decorrer dos anos estas festas ficaram fora de moda. Surgiram as pizzas os aniversários em bufet. Acabara os anos dourados .

Um relato da adolescência nos anos 60, como se dava as relações com os pais, familiares, as amizades os namoros, a escola e as festas trazendo aos nossos dias como se deu as grandes transformações ocorridas naquela época, em especial no que refere ao universo feminino.

O livro trata ainda de outros aspectos tais como a escola com suas regras de  uniformes, o cinema  a paquera , o namoro,e o surgimento da pílula.

Como podiam ser tão machistas! vejam algumas frases costumeira nos diálogos dos meninos: Tome conta de sua cabrita que meu bode está solto. Uma mulher que se dá ao valor não fica correndo atraz de homem .

A mulher tinha de ser direita. E as tias ? Este título estava reservado para as solteironas ou seja quem não conseguice agarrar um marido. E abordado a questão da virgindade  e sua grande importância.

Muito importante a abordagem sobre a conscientização dos jovens em relação ao que estava acontecendo no Brasil com o golpe militar ocorrido naquela década. A politização dos jovens e o engajamento destes na luta resistente. O mundo se tornava muito menor com a rede de comunicação, trazendo mudanças radicais no comportamento da sociedade. Este livro eu recomendo como um livro esclarecedor para muitos adultos dos dias de hoje e que não tiveram a oportunidade de vivenciar aqueles tempos de fundamental importância.  



Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Educação Se Faz Em Casa
- A Influencia Do Programa Malhação Na Formação Discursiva E Ideologica Na Vida Dos Jovens.
- Emerging Adulthood
- Faltou O Berço...
- Novela Brasileira Mutante Inspira Violência Familiar
- História Das Mulheres No Brasil
- A Luta Pela Autonomia Feminina

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online