PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


Persépolis



Persépolis (França/Estados Unidos, 2007) é um desenho animado co-dirigdo pela iraniana Marjane Satrapi e baseado na história em quadrinhos autobiográfica que ela publicou em 2000. O filme dramatiza a revolução fundamentalista de 1979 que virou o Irã de ponta-cabeça, a guerra contra o Iraque e o auto-exílio da autora, primeiro em Viena e depois em Paris. Produzido em matizes de preto e branco e em texturas ricas que lhe dão uma qualidade pictórica. Ela brinca ainda com a arte tradicional persa e com o grafismo ocidental, criando uma combinação extremamente expressiva, o que lhe valeu uma indicação para o Oscar de animação deste ano. Segundo o New York Times, o quadrinho Persépolis foi adotado pelo currículo de 118 faculdades americanas, entre as quais a academia militar de West Point. Essa é ao mesmo tempo a recomendação e a praga que atinge a obra de Marjane: a supervalorização que advém da raridade de relatos femininos da vida sob o islamismo. É esse também o aspecto que tem obscurecido o grande defeito do filme que, em sua segunda metade não é muito mais do que um dramalhão de uma adolescente que acha que o mundo e as revoluções estão contra ela. A partir do momento em que Marjane vai ser rebelde em Viena, Persépolis pára de crescer e, de dramatização, passa a ser tão-somente simplificação.


Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Antes Do Amanhecer
- Filme Transformers
- A Comuna De Paris
- Atacando As CrianÇas CristÃs!
- Antes Do Por-do-sol
- Sorte Nula: O Filme De Portugal
- Por Que O Óscar é Uma Fraude?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online