PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


Cinema ? Hollywood Transforma os Cientistas em Caricaturas



Cinema ? Hollywood Transforma os Cientistas em Caricaturas

A pesquisa tem demonstrado que a ciência e o cientista estão entre os principais filões de inspiração para o gênero de terror. A ciência no cinema era tida como um atividade misteriosa de um cidadão isolado em seu castelo, varando madrugadas, auxiliado por algum debilóide. O cientista típico do cinema era um hibrido de um clínico cirurgião e um pesquisador, que agregava a seus bisturis uma parafernália de substâncias e equipamentos bizarros, tetortas e tubos de ensaios borbulhantes. O Médico e o Monstro é um exemplo, baseado no romance escrito em 1886 por um escocês e filmado por Victor Fleming em 1941. No filme A Mosca, originalmente filmado em 1958 e refilmado em 1986, o cientista é movido por impulsos desinteressados de fazer o bem com sua máquina de transferência de matéria que revolucionaria os transportes, mas uma mosca entrou junto na cabine e estragou tudo. O filme alerta a respeito de riscos acidentais na atividade científica. Reanimator de 1958 é um filme do gênero ciência troglodita: um soro traz mortos de volta á vida. No filme ?Piranha?, de 1978, uma bomba genética projetada pelo pentágono para ser usada no Vietnã, escapa para os rios americanos. Os desatres ocorrem por azar dos personagens e não porquê a ciência seja má.



Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Cinema - Matrix, Linha Duríssima
- Sorte Nula: O Filme De Portugal
- Um Mito, Dois Objectivos
- Sunshine - Missão Solar
- Ciência Da Filosofia à Publicação
- A Linguagem De Deus
- Remakes - O Massacre Da Serra Elétrica

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online