PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


O Baile dos Seres Imaginários



A partir de uma conversa entre livros, sonhos e poesias, surgiu o Baile dos Seres Imaginários. O nome foi em homenagem a obra O Livro dos Seres Imaginários, de Jorge Luis Borges. Com o intuito de unir poesia, performance e música, bebendo de autores já consagrados como Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Gullar, Cecília Meireles, assim como da produção autoral do grupo.

Da simbologia das fábulas mitológicas foram construídos e moldados os seres: Rodrigo Fischer, O Imaginado, Aldemir Homem Suco, O Corcunda, Rafael Luiz e Williams Souza, Os Gêmeos desiguais Castor e Pólux.

Para a Bienal apresentaremos um trecho do espetáculo O Sétimo Céu, um redesenho das imagens que nos cercam através da leitura e da imaginação.



Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- A Paixão De Cristo Com O Ator Denil Cezar
- Antropofagia
- Os Gnomos Modernos De ZÉ Andrade
- ?apareço Logo Existo: A Revista Sou+eu Sob A ótica Da Obra A Sociedade Do Espetáculo?
- Quem Roubou O Nosso Futuro? Com Denil
- Carlos Drummond De Andrade: Segunda Linha
- A Miragem Dos Tempos

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online