PUBLICIDADE

Página Principal : Cinema e Teatro


Mágica de Efeitos do Cinema



Com relação aos efeitos especiais, muitas vezes vemos e ouvimos as palavras "modelo", " miniatura" e " maquete" como sendo a mesma coisa. Mas será a mesma coisa? Ou existe diferença entre elas? Na minha opinião, existe sim, uma pequena diferença entre elas.

Um modelo é uma réplica de algum cenário ou veículo, e que precisa apenas parecer no seu visual a um objeto que se queira representar. Ele não precisa fazer tudo o que o objeto faz na verdade. Assim, um modelo de avião não precisa voar de verdade, precisa, apenas, parecer com o visual de um avião. Ou seja, ao olhar o modelo, você dirá: "Puxa, é um avião!". Mesmo estando o modelo de avião aterrisado, você dirá que é um avião pois ele se parece e te faz lembrar que é um avião. Pode ser que ele até seja feito de madeira e plástico, mas o visual dele te lembrará um avião e você acreditará que é um avião!

Os modelos podem ser em tamanho natural, em tamanho ampliado ou em tamanho reduzido. Os modelos em tamanho reduzido são menores que o objeto que se quer representar. Portanto, eles são miniaturas.

Assim, lembre-se da regra: "Toda miniatura é um modelo, mas nem todo modelo é uma miniatura".

Opa! Deixa ver se entendi! Um modelo de avião 10 vezes menor que um avião de verdade, ele é um modelo em tamanho reduzido, ou seja, é uma miniatura. Agora, um modelo de avião em tamanho natural ou ainda em tamanho ampliado não é miniatura, é apenas um modelo!

Na figura abaixo, a esquerda, você vê exemplo de modelo de uma nave do filme Jornada nas Estrelas em tamanho natural. A direita você uma nave semelhante só que em miniatura.


Como exemplo, no filme Independence Day, para a cena em que a nave aparece perto dos atores na Área 51, foi construído um modelo em escala 1:1 com 18 metros de envergadura.

E maquete? Maquete é uma miniatura que foi criada não para ser igual a um objeto de verdade. A maquete foi criada apenas para visualizar um objeto que será construído. Assim, quando um arquiteto vai planejar o visual de um prédio, muitas vezes ele cria uma miniatura para que outras pessoas vejam como vai ficar o prédio. Quando ele está construindo a maquete, ele não está preocupado em representar todos os detalhes que teria um prédio de verdade. Pois não é interesse que seja uma cópia exata do prédio. É interesse apenas a forma e as cores, para que se possa verificar como será quando pronto. Assim, ele pode colocar carros em miniatura perto do prédio, e você verá que são carros de brinquedo, eles não te iludirão. Você verá o asfalto em miniatura por perto e verá que é preto. Mas não chegará a te enganar visualmente a ponto de não distinguir se é ou não asfalto de verdade.

Abaixo você vê uma foto de uma maquete da nave Naboo do filme Guerra nas Estrelas - A Ameaça Fantasma. Apesar da nave ser muito bem feita, ela não te engana a ponto de você pensar que é de verdade. Na verdade ela até parece de brinquedo, não é? Veja também um personagem desenhado em papel e posicionado perto da nave. Ele foi colocado ali para se comparar o tamanho de uma pessoa com o da nave. Tudo foi feito com o objetivo de visualização de como será a nave e de como pessoas e objetos ficarão perto dela.




Veja mais em: Cinema e Teatro

Artigos Relacionados


- Movimentação De Miniaturas
- Mini Cenários Do Cinema, Parte1
- Mini Cenários Do Cinema, Parte2
- Lula Escolhe Aparelho último Colocado E Mais Caro Como Novo Caça
- De Repente é Amor
- Chefe É Chefe !!!
- VocÊ É IncrÍvel!

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online