PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Os Sete Saberes Necessários à Educação do Futuro



Há sete saberes ?fundamentais? que a educação do futuro deveria tratar em toda a sociedade e em toda cultura, sem exclusividade nem rejeição, segundo modelos e regras próprias a cada sociedade e a cada cultura.
O primeiro: as cegueiras do conhecimento - o erro e à ilusão. A educação deve mostrar que não há conhecimento que não esteja, em algum grau, ameaçado pelo erro e pela ilusão.
O segundo: o conhecimento como necessário virtual para nossa existência. Para tanto, o homem deve ser parte constituinte do conhecimento.

O terceiro: questionar e contextualizar os objetos do conhecimento do homem como ?quem somos?, ?onde estamos?, ?de onde viemos?, ?para onde vamos?, integrando como saber e ornando-os como um todo. O quarto: ensinar a identidade terrena. É preciso compreender tanto a condição humana no mundo como a condição do mundo humano.

O quinto: enfrentar as incertezas, tendo em vista que o que se produz no presente tende a ser questionado no futuro, na medida em que as certezas de hoje causaram as incertezas de amanhã. O sexto: ensinar a compreensão entre as pessoas como condição e garantia da solidariedade intelectual e moral da humanidade. O sétimo: a ética do gênero humano. A educação deve conduzir à ?antropo-ética?, levando em conta o caráter ternário da condição humana, que é ser ao mesmo tempo indivíduo/sociedade/espécie.


Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- Aline - Os Sete Saberes Necessários à Educação Do Futuro
- A Cabeça Bem-feita
- A Complexidade Como Meio De Inclusão
- Ética Ambiental

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online