PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Colapso



O autor analisa o que fez com que algumas das grandes
civilizações do passado entrassem em colapso e o que podemos extrair disso.

Abordando desde a cultura Polinésia pré-histórica na Ilha de
Páscoa até ao mundo moderno, o autor traça um panorama catastrófico e mostra o
que acontece quando desperdiçamos nossos recursos, ignoramos os sinais do nosso
meio ambiente, quando nos reproduzimos rápido demais ou cortamos árvores em
excesso. Danos ambientais, mudanças climáticas, rápido crescimento
populacional, parcerias comerciais instáveis e pressões de indivíduos foram
fatores na queda de algumas sociedades; contudo outras encontraram soluções e
subsistiram. ?Que escolhas econômicas, sociais e políticas podemos fazer para
não termos o mesmo fim???

O Prólogo é importante como resumo do livro e introduz a metodologia utilizada pelo autor. Ele se
baseia em cinco variantes principais como causadoras de mudanças:

·
Dano ambiental;

·
Mudança climática;

·
Vizinhança hostil;

·
Parceiros comerciais amistosos;

·
As
respostas da sociedade aos seus problemas ambientais.

O livro foi dividido em 4 partes:

1.
Montana
Contemporânea: serve de introdução ao método de análise em uma sociedade
moderna e atual no EUA, onde há uma natureza exuberante que ao longo dos anos está sendo desmatada e os seus moradores tradicionais estão sendo expulsos pela especulação imobiliária.

2. Sociedades do Passado: mostra a
importância da arqueologia para nos mostrar as lições do passado, além de
analisar os fatores que levaram as comunidades ao colapso e principalmente mapeia o comportamento destas
sociedades diante das crises e a sua incapacidade de mudança, sua inércia
comportamental. Também analisa casos de sucesso como o reflorestamento do Japão através da mudança de comportamento.

3. Sociedades Modernas: mostra as crises atuais como em Ruanda,
compara países vizinhos como A República Dominicana e o Haiti, analisa a China
e a Austrália. Seu principal motivo é mostrar como no fundo somos muito
parecidos com as sociedades pré-históricas ou antigas e que se o nosso
comportamento não mudar provavelmente acabaremos como aquelas.

4. Lições Práticas: ajuda a traçar
diretrizes de mudança e mostra diversos exemplos de como o comportamento está
mudando gradativamente... sinais de esperaça.


Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Elites, Crises And The Origins Of Regimes
- Educação E Sociedade
- O Futuro Da Propaganda
- Desigualdade E Exclusão Social
- Entre Ecorrevolucionários E Ecorreformistas, O Papel Da MÍda
- Crescimento E Estrutura Etária Da População Do Brasil
- Casa Grande & Senzala

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online