PUBLICIDADE

Página Principal : História


Idéias políticas



            Michel Winock é professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris e ?Idéias políticas? é parte de Por uma história política, organizado por René Rémond com o objetivo de apresentar novas propostas de estudos dentro da história política. Winock inicia com uma discussão sobre a concepção de idéias políticas a partir de dois diferentes contextos de produção intelectual: o iluminismo no qual as idéias estavam associadas à educação e ao progresso (séc. XVIII) e o marxismo (séc. XIX) que discutia o pensamento político como uma manifestação que legitimava o controle de um grupo sobre outro <271>.          

            A ideologia, instrumento de controle segundo a concepção marxista, é reavaliada no contexto da revolução russa como um recurso favorável, com papel unificador através da propaganda. Em contrapartida, nos estados liberais ocorreu um esvaziamento das idéias e discursos intelectuais relegados pela sociedade, que se voltou para uma cultura do entretenimento em detrimento das idéias com o objetivo de ?fazer política?. Nesse contexto, o autor questiona sobre lugar do intelectual na cultura de massa <272-3>.

            Winock analisa o surgimento do estudo sobre a história das idéias políticas na academia a partir da década de 1940. Até então, os escritos sobre política estavam inseridos nos estudos de literatura geral, o autor exemplifica com Montesquieu e Rousseau vistos como autores de obras literárias. O estabelecimento do estudo da história das idéias políticas ocorreu com Jean-Jacques Chevalier através de obras que influenciaram a política nos ? grandes temas? da história ou ?história pelos pináculos?. Embora Winock critique o estudo da história das idéias políticas centrada nas ?grandes obras e nos grandes temas?, ele também aponta a intenção pedagógica de Chevalier de construir uma base de cultura política para os alunos, mesmo deixando de abordar outros aspectos da história das idéias políticas <274-5>.

            Entre os diversos estudos baseados nas ?grandes obras?, Winock destaca um trabalho sobre os significados da decadência, através da análise de discursos produzidos sobre o tema desde a Antiguidade grega até o século XX, por Julien Freund. Sobre este estudo, Winock  afirma que as idéias políticas também são encontradas nas falas do homem comum e que sua história está relacionada a história da opinião e da propaganda, resultando desta visão a renovação do campo <277-8>. Dois estudos, um sobre as representações da República americana na França e outro sobre um cantor-compositor popular são indicadores dessa renovação. Basearam-se tanto nas ?grandes obras? quanto em fontes como romances, folhetins, jornais e revistas.

            Os trabalhos produzidos a partir dessa renovação levaram a diversificação de fontes e abordagens, libertando-se de uma ?história política? assentada apenas nas referências e eventos políticos tradicionais ou a ?história dos pináculos?. Os jornais passam a ser fontes fundamentais para a reconstituição das opiniões em sua relação com os acontecimentos, assim como para o estudo do reflexo de ambos na sociedade <279-81>. Os estudos sobre as eleições como propagandas, propostas e charges podem ser um caminho para a reflexão sobre as expectativas da sociedade por mudanças ou pela manutenção de uma ordem <283-4>. 

           Winock mostra que a história das idéias políticas começou como um estudo voltado para a formação política fundamentada nas divisões tradicionais da história e através da contribuição de diversos trabalhos, mesmo ainda pautados nas obras tradicionais,  foram acrescentados novos aspectos que incorporaram ao campo a parcela sem voz política. Paralelamente, novas fontes e caminhos de pesquisa foram adotados ampliando as possibilidades de reconstituição das continuidades e rupturas produzidas pela sociedade.    




Veja mais em: História

Artigos Relacionados


- Michel Foucault
- A História No Ensino Fundamental
- Coleções Etnográficas: Documentos Materiais Para A História Indígena
- Por Uma Nova História Do Pensamento
- Sobre A História Das Instituições Educativas
- Iconografia
- Domínios Da História: História Das Mulheres

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online