PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Matemática subjetiva para o estudo da Amazônia



Matemática subjetiva para o estudo da Amazônia
Geraldo L. Diniz
UFMG

Nesse sentido, o uso desse ferramental matemático para estudos dos problemas pelas atividades antrópicas na Amazônia pode ter melhores resultados, uma vez que as informações obtidas pelos pesquisadores nesta região, na maioria das vezes, estão contaminadas com alguma ?incerteza?, seja pela imprecisão ou pela subjetividade.
Além disso, o uso do raciocínio aproximado (base de regras), descreve de maneira mais intuitiva e, de certa forma, mais próxima da realidade do que as equações ou fórmulas acessíveis apenas para alguns poucos que dominam tais conceitos.


Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Amazônia: A Utopia Aqui E Agora, Já!
- Arqueologia Amazônica
- Amazônia No Rádio?
- Concessão Da Amazônia
- Investigações FilosÓficas
- A Abordagem Cultural Da Matemática
- Lula Erra Em Bruxelas: Há Cana-de-açúcar Na Amazônia

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online