PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Contar histórias: uma arte sem idade



Contar histórias:uma arte sem idade
COELHO, Betty
UNESCO

Há quem conte histórias para transmitir conhecimentos, disciplinar, e até chantagear: ?Se ficarem quietas, conto um história!?, quando o inverso é que funciona. A história aquieta, serena, prende a atenção, socializa etc. Quanto menor a preocupação em alcançar tais objetivos explicitamente, maior será a influência do contador de histórias. O compromisso do narrador é com a história, enquanto fonte de satisfação de necessidades básicas das crianças. Se elas as escutam desde pequenas, provavelmente gostarão de livros, pois eles são importantes alimentos para imaginação, favorecendo a aceitação de situações desagradáveis, ajuda a resolver conflitos e a ter esperança. Para o sucesso da narrativa é fundamental a elaboração de um plano, no sentido de organizar o desempenho do narrador, garantindo-lhe segurança, assegurando-lhe naturalidade.


Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Contando HistÓrias
- Histórias Que Despertam Emoções
- Biografia De Riba Tavares
- Narrativas Gráficas
- Ula Brincando De Pensar
- O Foco Narrativo
- Amazônia No Rádio?

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online