PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


As PARCERIAIS E OS NEÓFITOS!



Estamos, gradualmente, sofrendo os aumentos da discriminação literária, onde, por sermos iniciantes na literatura dinâmica, todavia... Empírica! Relegam-nos a planos rastejantes e... Pior! Dos descasos e do desmerecimentos sem, no entanto, muita das vezes, nem, ao menos, se preocupam em conhecer as nossas obras inéditas, mesmo, em forma de sinopse.


A esse padecimento é acrescentado o jugo financeiro, de cima para baixo, praticamente cimentando o neófito escritor nos rodas-pé das vias secundárias das livrarias, em razão das Editoras só se interessarem em parcerias monetárias, praticamente, eliminando os escritores iniciantes e... Pobres!


Eu tenho várias Editoras diversas lendo os meus 19 livros volumosos e inéditos (Poesias/ Ficção estelar/ Suspense policial e Textos diversos), entretanto, a cada contato com elas, observo,  lamentavelmente, que estão apenas à procura de parcerias monetárias, sepultando as minhas idéias sem sublimá-las e, com isso, dando mais valor ao monetarismo do que a idealização. Como não tenho o papel-moeda disponível para a parceria, vão, seguidamente, me mandando para os recantos do reconhecimento público das minhas obras.


Algumas editoras, interessadas em meus livros, Insistem em dizer que vão publicarem alguns deles gratuitamente, todavia, enviam Obralogia enormes para, depois, alegarem o fato de ter que pagar pela Capa, pela Revisão etc. em prestações, como se as prestações, ao final Delas, não se configurarem em um todo!


O nosso país só irá em frente, literalmente, quando os seus eméritos atuarem com discernimento e inteligência, não permitindo que os bens financeiros se sobreponham às Idéias emergentes e úteis para o bem comum. A continuar assim, quando os anos forem sendo limalhados pelo inexorável tempo e, por isso, suplantando os escritores famosos, não haverá a renovação natural e necessária, em razão de ter sido rejeitada em nome do dinheiro e do comércio incauto.


Ao escrever este modesto texto, uma idéia se aflorou da minha mente, sendo a seguinte:


Se o Dinheiro é tão poderoso, em relação às Idéias, espero que alguém, que o tenha de sobra e goste da literatura empírica, que entre em contacto comigo e, com outros iniciantes, visando uma Parceria em porcentagens a combinar, ficando com a responsabilidade de NOS CUSTEAR junto às Editoras.

Caso não encontre pessoas assim destemidas e, determinadas a arriscar! Ficarei, sem decepções maiores, a escrever os meus textos diários e, os guardando em minhas gavetas, só para o meu bel-prazer e leitura.

Volatilizo todo o meu tino

Na euforia do destino

Em ânsia descontrolada,

Sigo reto em curvilíneas,

Volteio nas longarinas...

Estanco na encruzilhada!...

À Espera de Alguém que possa me ajudar!


Sebastião Antônio Baracho.

[email protected]

Fone: (31) 3846 6195




Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Resumo: Modelo De Dedicatória
- Páginas Para Pensar
- Catopê (folclore Brasileiro 5)
- A Insensatez!
- Caboclinho (folclore Brasileiro 7)
- Tabela De Alfabeto Grego
- Nossa Pátria

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online