PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Santo ANDRÉ E O AMOR QUE VIROU TRAGÉDIA.



Dia a dia a mídia nos aduziu - nesses últimos dias - a assistir um filme de terror real, que tinha como enredo uma adolescente de 15 anos sendo apisionada em sua própria casa por um homicida apaixonado.

Esse ato condenável de consequências irreparráveis, nos exibe indicios de que a humanidade ainda continua indo para o lado oposto da sabedoria e, os poucos que acertam a estrada se perdem no caminho.

Talvez tenha faltado na vida do Lindenberg alguém que lhe ensinasse o que realmente é o amor. Cazuza, já dizia que: para se viver a liberdade, e amar de verdade, só é possível se for a dois. E o Lindenberg quando percebeu que estava amando sozinho e que a Eloá não era mais conivente do seu amor, resolveu transformar tudo, que antes era belo e sublime, em ódio, tornando-se personagem de mais um crime barbaro. Atonitos, procuramos entender a razão de tanta maldade.

A verdade é que nos momentos de fraqueza que os instintos maléficos do seres humanos aparecem. E nesse caso de Santo André, o que se evidenciou foi um instinto assassino de um "assassino" que dizia que amava.

by Dhianno Souzza, carapicuiba, 26 de outubro de 2008



Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Afinal, O Que é Amar?
- Jesus,exemplo De Amor Maior
- Amor é A Solução
- Remakes - O Massacre Da Serra Elétrica
- O Banquete - Uma Crítica
- Olhe Dentro De Si !
- Lenda De Oxum

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online