PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


Almada NEGREIROS (1893-1970 )



José Sobral de Almada Negreiros nasceu em Lisboa, a 7 de abril de 1893. Mal terminados os estudos no Liceu de Campolide, no Liceu de Coimbra e na Escola Normal (1912), entregou-se a uma intensa atividade artística e literária que visava a colocar Portugal ao nível das outras nações européias. Pertenceu ao grupo do Orpheu (1915). Estudou pintura em Paris (1919-1920), viveu na Espanha de 1927 a 1932, em trabalhos de artes plásticas. Engajou-se em todos os principais movimentos de vanguarda e procurou desde cedo divulgá-las nos meios culturais portugueses. Para tanto, desdobrou-se em poeta, pintor, desenhista, romancista, teatrólogo, conferencista, crítico de arte etc., num afã de totalidade e diversificação que não oculta o sopro genial que lhe informa a visão do mundo e dos homens.



Como artista plástico, tornou-se uma das figuras de proa da arte portuguesa moderna, quer pelo vigor e' sentido inventivo de suas telas, paineis e vitrais, quer pelo ar de vanguardismo que emprestou a todas as suas obras e ações. Descobridor, em 1926, da perspectiva do políptico de São Vicente, de Nuno Gonçalves, manteve-se em dia com a renovação pictórica dos nossos dias, inclusive chegando a exercitar-se, com os seus peculiares rasgos de genialidade, na pintura concreta. Sua poesia, veemente e ciclópica como tudo que criou, documenta um convívio íntimo com os vários "ismos" em voga no seu tempo (Futurismo, Dadaísmo... ), chegando mesmo a anunciar o Surrealismo, o que de resto andava na atmosfera durante a "loucura" órfica de Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, dele e de outros. "A Cena do Ódio", que se pode ler a seguir, expressa de modo eloqüente as virtudes e as tendências não só do seu autor como do grupo a que aderiu na primeira juventude. Antiacadêmico, anticonvencional, antitudo--que-seja-mau-e-falso-em-arte (V. Manifesto Anti-Dantas), sua cosmovisão, por ser a dum surrealista "furioso" e polêmico, se fundamenta numa ingenuidade lúcida e alerta, em que o poder quase divinatório de visualizar o ridículo e o postiço lhe enriquece o "primitivismo" autêntico. Seu universo poético, que se prolonga na prosa de Invenção do Dia Claro e no romance Nome de Guerra, constrói-se em torno duma bipolaridade: a ?surpresa" surrealista, o "espanto" cósmico, equilibra-se numa inteligência agudíssima e hipercrítica, mas que não se acidifica devido à ingenuidade latente, e esta, não o arrasta para o desconexo ou o desencontrado amorfo e insensato graças à vigilante inteligência e o espírito crítico aceso. Se alguma coisa de seu gosto de épater le bourgeois já envelheceu, basta a insólita originalidade de Nome de Guerra, ou a força épica de "A Cena do Ódio", para nos dar a idéia de seu talento criador e reformador: é, sem sombra de dúvida, dos maiores vultos do Modernismo português.



BIBLIOGRAFIA


I.DO AUTOR:


O Moinho, Lisboa, 1913; Os Outros, Lisboa, 1914; 23, 2º Andar, Lisboa, 1914; Manifesto Anti-Dantas e Por Extenso, Lisboa, 1915; K 4, O Quadrado Azul, Lisboa, 1917; Litoral, Lisboa, 1917; A Engomadeira, Lisboa, 1917; Invenção do Dia Claro, Lisboa, 1921; Pierrot e Arlequim, Lisboa, 1924; Deseja-se Mulher. Madrid, 1928; S.O.S. Madrld, 1929; Portugal, Direção única, Lisboa, 1932; Elogio da Ingenuidade, Lisboa, 1936; Nome de Guerra, Lisboa, 1938; Mito-Alegoria-Símbolo, Lisboa, 1948; Orpheu (1915-1965), Lisboa, 1965.



A RESPEITO DO AUTOR:


FRANCA, José-Augusto - "Nota de Releltura de "A Confissão de Lúcio" e de "Nome de Guerra". In: Estrada Larga, Porto, Porto Edo s.do, vo1. I, págs. 493-497.



MONTEIRO, Adolfo Casais - "Almada Negreiro - "Nome de Guerra". In: O Romance e os seus Problemas, Lisboa, Casa do Estudante do Brasil, 1950, pãgs. 282-286.


------- Idem. In: O Romance (Teoria e Crítica), Rio de Janeiro, José Olyrnpio, 1964, págs. 380-384.



PEDRO, Antônio - "Pequena Informação a Propósito de José de Almada Negreiros", In: Estrada Larga, Porto, Porto "Ed., s.d., voI. I, págs. 219-224.




Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados



 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online