PUBLICIDADE

Página Principal : Teoria e Crítica


O rumor da língua



O rumor da língua é uma coletânea de ensaios que colocam Roland Barthes mais uma vez no circuito intelectual. Com ele, nos acostumamos a ouvir o rumor da linguagem em suas sutilidades. Nessa obra, a maior parte dos textos aborda a linguagem e a literatura, que são os temas barthesianos dominantes em outros trabalhos também.

Os ensaios reunidos em O rumor da língua (Trad. Mário Laranjeira. São Paulo: Martins Fontes) englobam o período de 1964 a 1979. "Malogramos sempre ao falar do que amamos" é o último ensaio de Barthes dias antes do acidente fatal que o levou, em 1980.  

Outro ensaio que pode ser destacados é ?A morte do autor?. Nesse texto, Barthes afirma que a ideia de autor é uma criação moderna, e a morte do autor implica o desligamento e a perda da voz original ao se publicar um texto de fins intransitivos, ou seja, que não age diretamente sobre o real e não tem qualquer função que não seja o exercício simbólico. Aí se dá a morte do autor e a escritura começa.



Leyla Perrone-Moisés é a organizadora da coletânea Roland Barthes.





Veja mais em: Teoria e Crítica

Artigos Relacionados


- Nossa Sabedoria Gramatical Oculta
- Mulheres Italo-americanas Na Literatura
- O Direito à Literatura E Outros Ensaios
- Literatura: Uma Breve Definição
- Língua Falada E Língua Escrita
- A Utopia Brasileira E Os Movimentos Negros
- Teorias Do Cinema - Crítica Da Representação Fílmica

 
Sobre o site: Quem Somos |  Contato |  Ajuda
Sites Parceiros: Curiosidades |  Livros Grátis |  Receitas |  Frases e Citações |  Ciências Biológicas |  Jogos Online